2 eventos ao vivo

Manifestantes marcam protesto contra tarifas em Belo Horizonte

O protesto foi criado no Facebook e até a tarde de sexta-feira, quase 8 mil pessoas confirmaram presença

14 jun 2013
16h21
atualizado às 16h28
  • separator
  • comentários

A exemplo de outras cidades brasileiras, os jovens de Belo Horizonte (MG) também organizaram manifestação contra o aumento das passagens de transporte coletivo. O protesto vai ocorrer neste sábado, às 13h (de Brasília), na região da Savassi, centro-sul da capital mineira. O grupo vai se reunir na principal praça do local, de onde partirá em caminhada rumo à prefeitura da capital mineira. Inicialmente, a ideia é conversar e discutir ainda uma nova data para manifestarem contra o aumento da passagem de 5,66%, em janeiro deste ano.

Repórter do Terra é agredido pela PM em protesto em SP
Repórteres da Folha levam tiros de borracha no rosto em protesto
SP: fotógrafo do Terra é preso durante cobertura de protesto

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-de-onibus/iframe.htm">veja o infográfico</a>

A manifestação foi criada no Facebook e até o momento quase 8 mil pessoas confirmaram presença. Além do evento, os lideres também ensinam, por meio de desenhos postados na própria rede, como se proteger. Eles avisam que é necessário levar roupas e equipamentos de segurança, como óculos e luvas, e aconselham ainda que seja colocado em uma bolsa kit de primeiros socorros, vinagre, calçados extras e capas.

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm" data-cke-197-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/tarifas-metro-onibus-sp/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Além dessa passeata, outro ato será feito também na região da Savassi. Integrantes do Comitê Popular dos Atingidos pela Copa (Copac) vão fechar as principais avenidas do bairro e realizar um campeonato de futebol de rua. Movimentos sindicais e outros grupos sociais também participarão.

Cenas de guerra nos protestos em SP
A cidade de São Paulo enfrenta protestos contra o aumento na tarifa do transporte público desde o dia 6 de junho. Manifestantes e policiais entraram em confronto em diferentes ocasiões e ruas do centro se transformaram em verdadeiros cenários de guerra. Enquanto policiais usavam bombas e tiros de bala de borracha, manifestantes respondiam com pedras e rojões.

Durante os atos, portas de agências bancárias e estabelecimentos comerciais foram quebrados, ônibus, muros e monumentos pichados e lixeiras incendiadas. Os manifestantes alegam que reagem à repressão opressiva da polícia, que age de maneira truculenta para tentar conter ou dispersar os protestos.

Segundo a administração pública, em quatro dias de manifestações mais de 250 pessoas foram presas, mais de 250 pessoas foram presas, muitas sob acusação de depredação de patrimônio público e formação de quadrilha. No dia 13 de junho , vários jornalistas que cobriam o protesto foram detidos, ameaçados ou agredidos.

As passagens de ônibus, metrô e trem da cidade de São Paulo passaram a custar R$ 3,20 no dia 2 de junho . A tarifa anterior, de R$ 3, vigorava desde janeiro de 2011.

Veja momento em que jornalista é preso por portar vinagre

Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade