1 evento ao vivo

Campanha de Dilma aposta em debate de ideias na Globo

Rouca devido à agenda de comícios nos últimos dias, Dilma evitou agendas de campanha ontem e fez tratamentos para a voz

24 out 2014
17h41
atualizado às 18h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Avaliação da equipe de campanha é que o programa desta noite é mais complexo, já que Dilma precisa se movimentar no palco enquanto fala e responder perguntas de eleitores</p>
Avaliação da equipe de campanha é que o programa desta noite é mais complexo, já que Dilma precisa se movimentar no palco enquanto fala e responder perguntas de eleitores
Foto: Ricardo Moraes / Reuters

Depois das pesquisas Ibope e Datafolha apontarem vantagem da candidatura da presidente Dilma Rousseff (PT), a campanha da petista aposta em uma discussão de ideias no debate da TV Globo, que será transmitido ao vivo na noite desta sexta-feira. A avaliação do presidente do PT, Rui Falcão, é que o formato do programa prioriza a apresentação de projetos, já que uma plateia de eleitores indecisos estará presente o estúdio.

Especialistas analisam trejeitos de presidenciáveis

“Vai ser parecido com o último debate (da Record). (Apresentar) Propostas, procurar demarcar campos de projetos diferentes, o que nós estamos propondo e a comparação com o que eles fizeram”, disse Rui Falcão, antes de uma reunião preparatória para o debate.

O dirigente petista disse que tem dúvidas se Aécio Neves vai explorar a capa da revista Veja desta sexta-feira, que divulga declarações atribuídas ao doleiro Alberto Youssef em desfavor a Dilma e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas garantiu que ela está preparada para responder. "Tenho dúvidas se o candidato vai usar esse tipo de acusação em um debate que tem tanto indecisos", disse.

A expectativa de políticos que estiveram com a petista hoje é que o debate não tem chance de mudar votos consolidados. Se questionada sobre a capa da Veja, Dilma deve adotar o discurso de desqualificar a publicação e e dizer que o depoimento não apresentou provas.

Apesar do clima de aparente tranquilidade entre integrantes da campanha de Dilma, a petista passou o dia em um hotel da Barra da Tijuca se preparando para o confronto e evitou convocar uma tradicional entrevista coletiva antes dos embates televisivos. A avaliação da equipe é que o programa desta noite é mais complexo, já que Dilma precisa se movimentar no palco enquanto fala e responder perguntas de eleitores.

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o ministro licenciado da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e o coordenador da campanha, Miguel Rossetto, participam de reuniões preparatórias com Dilma. O cabelereiro dela, Celso Kamura, também está no hotel e deve preparar a candidata após o treinamento do conteúdo.

Rouca devido à agenda de comícios nos últimos dias, Dilma evitou agendas de campanha ontem e fez tratamentos para a voz. Coube ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedir votos na cidade de São Gonçalo e em Campo Grande, zona oeste do Rio. 

Veja o cenário eleitoral nos estados Veja o cenário eleitoral nos estados

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade