2 eventos ao vivo

Total de casos de gripe no País vai a 8; RS tem 1º infectado

10 mai 2009
18h39
atualizado às 21h25

O Ministério da Saúde confirmou neste domingo mais dois casos de gripe suína no Brasil, levando o total de pessoas infectados pelo vírus influenza A (H1N1) para oito em todo o País. Um dos novos casos confirmados está no Rio de Janeiro e outro no Rio Grande do Sul. Seis têm vínculo com viagens internacionais e dois foram infectados dentro do território nacional.

» México tenta voltar à normalidade
» Veja o que é o vírus influenza Tipo A
» Com gripe, frigoríficos do México ameaçam fechar
» Tire suas dúvidas sobre a gripe suína

Um dos novos casos confirmados está no Rio de Janeiro e é o segundo caso de transmissão do vírus dentro do País. O ministério não divulga a identidade dos infectados, mas o caso é da mãe de um dos jovens contaminados, que estava sendo monitorada depois de cuidar do filho que contraiu a doença de um amigo que viajou ao México. Ela foi internada no sábado com os sintomas. Segundo o ministério, o paciente encontra-se em quadro clínico estável.

Já o caso do Rio Grande do Sul passou recentemente por vários países europeus (Alemanha, República Checa, Hungria, Áustria, Itália e Espanha) e apresentou os primeiros sintomas leves na Itália, em 3 de maio. A pessoa passou por Madri antes de voltar ao Brasil e procurar o serviço de saúde com os sintomas da gripe suína. De acordo com o ministério, o infectado passa bem.

Em nota, o ministério informou que recebeu na tarde deste domingo "os resultados de 20 exames laboratoriais para detecção do vírus influenza A (H1N1)", dos quais 18 foram descartados. Os demais casos confirmados se encontram em São Paulo (2), Minas Gerais (1) e Santa Catarina (1).

O ministério afirmou também que o governo brasileiro cumpre rigorosamente as medidas de vigilância e monitoramento recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tomando todas as precauções indicadas para conter a doença, rastreando, monitorando e tratando os possíveis doentes. Segundo os últimos dados divulgados pela OMS, já foram confirmados 4.379 casos de gripe suína em 29 países.

Mesmo com a elevação do número de casos, o governo reiterou que a propagação do vírus no Brasil "permanece limitada, sem evidência de transmissão sustentada". Atualmente, sete países apresentam transmissão dentro do próprio país: Reino Unido, Espanha, Alemanha, Itália, Brasil, Estados Unidos e México. Apenas os dois últimos têm transmissão sustentada.

O que é a gripe suína
É uma doença respiratória que atinge porcos causada pelo vírus influenza tipo A, que tem diversas variantes. Algumas das mais conhecidas são a H1N1, a H2N2 e a H3N2.

A gripe suína geralmente não atinge os humanos, e até então eram raros são os casos de contágio de pessoa para pessoa. A contaminação ocorre da mesma forma que a gripe comum, por meio de perdigotos (gotículas de saliva) lançados na tosse e espirros.

Sobre o recente surto que teve origem no México, a Organização Mundial de Saúde (OMS) confirmou que alguns dos casos registrados são formas não conhecidas da variedade H1N1 do vírus Influenza A.

Ele é geneticamente diferente do vírus H1N1 que vem atacando humanos nos últimos anos e contém DNA associado aos vírus que causam as gripes aviária, suína e humana, incluindo elementos de viroses européias e asiáticas.

Fonte: Redação Terra
publicidade