PUBLICIDADE

Rússia apresenta contra-proposta de resolução por conflito na Síria

13 fev 2014 01h04
| atualizado às 01h05
ver comentários
Publicidade

A Rússia apresentou nesta quarta-feira aos membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU uma contra-proposta de resolução sobre a situação humanitária na Síria, em resposta a um documento discutido que pede maior acesso á ajuda humanitária e o fim dos cercamentos.

Os embaixadores dos 15 países do Conselho de Segurança realizaram na terça-feira uma primeira troca de opiniões sobre o projeto de resolução sobre a Síria apresentado pelos países ocidentais e árabes, rejeitado pela Rússia.

Neste contexto, Moscou convocou para uma reunião apenas os representantes dos outros membros permanentes do Conselho - Estados Unidos, França, Reino Unido e China -, que foram apresentados à proposta russa.

O documento recupera alguns elementos do projeto ocidental, e os cinco embaixadores devem se reunir nesta quinta-feira "para tentar fundir os dois textos", informou um diplomata do Conselho, sem dar maiores detalhes sobre a proposta moscovita. "Temos a impressão de que os russos estão dispostos a negociar".

Infográfico mostra a realidade dos refugiados sírios no Oriente Médio

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/iframe-siria-afp/iframe.html" href="http://noticias.terra.com.br/infograficos/iframe-siria-afp/iframe.html">Síria AFP</a>
Guerra na Síria para iniciantes
AFP AFP
AFP AFP
Guerra civil em fotos Conteúdo exclusivo
AFP AFP

O Terra compilou alguns dos principais materiais fotográficos disponibilizados ao longo destes mais de dois anos de guerra na Síria. Cada imagem leva a uma galeria que conta um episódio específico ou remete a uma situação importante do conflito.

Acompanhe a cobertura exclusiva do Terra através dos jornalistas Tariq Saleh e Mauricio Morales. Sediado no Líbano, Saleh conversou com sírios, visitou refugiados e ouviu analistas. Enviado especial, Morales passou dias com rebeldes.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade