1 evento ao vivo

Dirigentes mundiais comparecerão ao funeral de Shimon Peres

28 set 2016
05h55
atualizado às 08h01
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Diversos dirigentes mundiais devem assistir o funeral do ex-presidente de Israel e Nobel da Paz, Shimon Peres, que morreu nesta quarta-feira, aos 93 anos, e que será realizada na próxima sexta-feira, no Monte Herzl, em Jerusalém.

Shimon Peres morreu nesta quarta-feira (28) aos 93 anos
Shimon Peres morreu nesta quarta-feira (28) aos 93 anos
Foto: Getty Images

Segundo a imprensa local, confirmaram presença no sepultamento o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, além do secretário de Estado, John Kerry; a candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, e seu marido e ex-presidente, Bill Clinton.

Também é esperada a presença do papa Francisco, e de líderes do Reino Unido, Canadá, e de outros países da América do Sul, Ásia e África.

Por enquanto não foi informado a participação de líderes de países árabes vizinhos.

Enquanto isso, o Canal 10 da televisão israelense afirmou que já começaram os preparativos no cemitério do Monte Herzl, onde também foram enterrados nomes importantes da história de Israel, como os ex-primeiros-ministros Yitzhak Rabin e Yitzhak Shamir.

Antes do sepultamento, os israelenses poderão de despedir de Shimon Peres, amanhã, no parlamento israelense (Knesset). Por essa razão, a câmara legislativa suspendeu todos os atos previstos.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, lidera hoje uma sessão especial à frente do conselho de ministros onde terá um minuto de silêncio em memória de Peres.

Posteriormente se analisará em uma comissão de protocolo, liderada pela ministra da Cultura, Miri Regev, os preparativos do sepultamento, reunião onde discursará um membro da família de Peres.

Espera-se nos próximos dias um desdobramento sem precedentes nas últimas duas décadas de soldados de segurança israelenses e estrangeiros tomem as ruas de Jerusalém, similar ou maior ao que aconteceu no funeral de Yitzhak Rabin, assassinado em 1995.

Veja também:

Coronavírus impede pais de buscarem bebês de barriga de aluguel na Ucrânia
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade