PUBLICIDADE

Cervejaria belga vai construir um 'rio de cerveja'

Sistema de canos transportará bebida por baixo da terra

23 set 2014 14h36
ver comentários
Publicidade
<p>O 'cervejaduto' "permitirá a diminuição de 85% no número de caminhões na cidade", disse o responsável pelo planejamento do projeto, Franky Demone</p>
O 'cervejaduto' "permitirá a diminuição de 85% no número de caminhões na cidade", disse o responsável pelo planejamento do projeto, Franky Demone
Foto: Getty Images

A expressão um "rio de cerveja" pode deixar de ser uma metáfora. Isso porque a cervejaria De Halve Maan, de Bruxelas, na Bélgica, conseguiu a autorização para construir um tipo de 'oleoduto', que ao invés de transportar óleo ou gás por tubos subterrâneos, levará cerveja. A medida foi tomada para levar a bebida da fábrica que fica no centro histórico da cidade para uma indústria de engarrafamento na periferia de Bruxelas. Com isso, a cervejaria não usará mais os 500 caminhões que utiliza atualmente para o transporte.

Essa grande tubulação passará a quilômetros dos célebres canais da cidade que é considerada a 'Veneza do Norte' e que desde 2000 é Patrimônio Mundial da Unesco. Ao fim da obra, os canos transportarão cerca de quatro milhões de litros de cerveja entre a sede da De Halve Maan até a zona industral - onde será filtrada, engarrafas, produzida e despachada. "Este investimento não foi decidido por motivos econômicos, mas por causa das considerações ambientais e da qualidade de vida", disse Xavier Vanneste, diretor-geral da empresa, ao afirmar que as centenas de caminhões que percorrem o centro histórico podem estragar as casas feitas ao estilo gótico.

O 'cervejaduto' "permitirá a diminuição de 85% no número de caminhões na cidade", disse o responsável pelo planejamento do projeto, Franky Demone. "Em termos concretos, essa obra permitirá também salvar os nossos velhos paralelepípedos do centro histórico, mantendo-os na melhor condição possível", ressaltou Demone.

A cervejaria De Halve Maan produz uma das cervejas mais icônicas de Bruxelas, a Brugse Zot, que é feita no mesmo local há mais de cinco séculos. O centro de produção da bebida recebe cerca de 100 mil turistas por ano.

Fonte: ANSA Brasil
Publicidade
Publicidade