0

Atirador dispara em escola no sul da França e deixa feridos

16 mar 2017
09h52
atualizado às 12h06
  • separator
  • comentários

Estudante dispara contra diretor de colégio em Grasse, deixando oito feridos, segundo testemunhas e autoridades francesas. Ele é detido pela polícia, que não descarta participação de segundo atirador.

Colégio Alexis de Tocqueville, em Grasse, onde oito pessoas ficaram feridas
Colégio Alexis de Tocqueville, em Grasse, onde oito pessoas ficaram feridas
Foto: Deutsche Welle

Um estudante disparou contra o diretor de uma escola em Grasse, no sul da França, deixando oito pessoas feridas, segundo relatos iniciais da polícia e de testemunhas.

O jovem de 17 anos foi detido pela polícia e um outro estudante, que estava com ele, estaria foragido, mas esta informação ainda não foi confirmada pelas autoridades. Segundo a polícia, o jovem detido estava armado com um rifle, uma pistola e duas granadas. Aparentemente ele não tinha passagem pela polícia.

Uma testemunha disse que dois estudantes atiraram contra o diretor do colégio Alexis de Tocqueville e que um deles foi detido e que o outro fugiu. Em pânico, vários estudantes procuraram refúgio num supermercado das redondezas.

O Ministério do Interior da França afirmou que oito pessoas ficaram feridas.

O governo francês emitiu um sinal de alerta terrorista, mas a polícia afirmou que ainda não é possível saber se se trata de terrorismo. Unidades anti-terrorismo da Raid estão no colégio. A França está em estado de emergência desde os ataques terroristas de novembro de 2015.

Todas as escolas de Grasse, que fica a cerca de 40 quilômetros de Nice, foram temporariamente fechadas.

Deutsche Welle Deutsche Welle

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade