0

Americana é condenada por matar filho envenenado com sal

A americana teria internado o filho por diversas vezes e, percebendo a atenção recebida pelos problemas, teria continuado a envenená-lo com sal

3 mar 2015
11h34
atualizado em 8/4/2015 às 12h28
  • separator
  • comentários

Lacey Spear, mãe americana que escrevia na internet sobre os problemas de saúde do filho, foi condenada e pode pegar até 25 anos de cadeia por matar o filho envenenado com sal. A condenação aconteceu nesta segunda-feira em Nova York. As informações são do The Independent.

Segundo a publicação, a mulher envenenava Garnett Spears, de 5 anos, colocando grandes quantidades de sal no estômago do menino com um tubo gastrointestinal
Segundo a publicação, a mulher envenenava Garnett Spears, de 5 anos, colocando grandes quantidades de sal no estômago do menino com um tubo gastrointestinal
Foto: The Independent / Reprodução

Segundo a publicação, a mulher envenenava Garnett Spears, de 5 anos, colocando grandes quantidades de sal em seu estômago com um tubo gastrointestinal. A americana teria internado o filho por diversas vezes e, percebendo a atenção recebida pelos problemas, teria continuado a envenená-lo com sal.

“Aparentemente, ela conseguiu a atenção da família, amigos, colegas de trabalho e dos profissionais médicos”, afirmou Patricia Murphy, advogada-assistente da Promotoria responsável pelo caso.

Em imagens da câmera de segurança do hospital, é possível vê-la levando o filho ao banheiro com um tubo na mão. Além disso, autoridades encontraram 69 pacotes de sal em uma mala de Spears.

Os promotores chamaram Lacey Spears de “assassina calculista de crianças” e afirmaram que ela teria procurado a internet para os efeitos do sódio em crianças. Ademais, acusaram a mãe de mentir para os médicos sobre a saúde do seu filho.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade