PUBLICIDADE

China: ponte cede, destrói caminhões e deixa ao menos 3 mortos

24 ago 2012
08h29 atualizado às 08h50
08h29 atualizado às 08h50
Publicidade

Uma parte de uma ponte inaugurada em novembro de 2011 na província de Heilongjiang, na China, desabou matando três pessoas e deixando outras cinco feridas. Segundo informações da agência de notícias

 Quatro caminhões ficaram destruídos e ao menos três pessoas morreram após a queda de uma ponte
Quatro caminhões ficaram destruídos e ao menos três pessoas morreram após a queda de uma ponte
Foto: AP

Xinhua

, quatro caminhões caíram no desabamento da ponte Yangmingtan, na cidade de Harbin. Cem metros da ponte desabaram.

Sun Qingde, uma autoridade do Comitê de Construções de Harbin, disse à Xinhua que a ponte "se inclinou para um lado e desabou no chão". A agência afirmou ainda que problemas na construção da ponte e excesso de carga foram as causas do colapso.

As autoridades chinesas afirmaram que vão investigar se os caminhões levavam carga em excesso. De acordo com o jornal People's Daily Online, as autoridades municipais de Harbin disseram que os caminhões levavam rochas.

A ponte, que atravessa o rio Songhua e tem 15,4 km de comprimento, foi inaugurada há nove meses e custou 1,88 bilhão de iuans (US$ 286 milhões ou cerca de R$ 578 milhões). Este é o sexto grande desabamento de pontes na China desde julho de 2011.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Publicidade