PUBLICIDADE

Baixas britânicas no Afeganistão igualam perdas das Malvinas

8 fev 2010 09h59
| atualizado às 10h41
Publicidade

A morte de dois soldados britânicos em uma explosão no Afeganistão eleva para 255 o total de baixas neste conflito iniciado em 2001, igualando o número de mortos na Guerra das Malvinas (1982), informou nesta segunda-feira o Ministério da Defesa do Reino Unido.

Os dois militares, que pertenciam ao Primeiro Batalhão do Real Regimento da Escócia, morreram ontem à noite na explosão de uma bomba de fabricação caseira enquanto patrulhavam a pé em Sangin, na província de Helmand (sul do Afeganistão), acrescentou.

Na Guerra das Malvinas, entre Reino Unido e Argentina, 255 britânicos morreram, enquanto do lado argentino as baixas foram de 655. O conflito ocorreu quando a Argentina, que reivindicava a posse das Ilhas Malvinas, entrou em guerra no território disputado com o Reino Unido.

Operação Mushtarak
O anúncio das mortes ocorre no momento que a Otan prepara uma grande ofensiva contra o Talibã na província de Helmand, no sul do Afeganistão. Segundo informações da BBC, a operação, apelidada de Mushtarak (que significa 'juntos' no idioma local, pashtun), é considerada uma das maiores desde o início do conflito, em 2001.

EFE   
Publicidade