PUBLICIDADE

Armistício na península da Coreia segue vigente, diz ONU

De acordo com as Nações Unidas, os termos do acordo de paz de 1953 não permitem que ele seja anulado unilateralmente

11 mar 2013 19h31
| atualizado às 19h49
ver comentários
Publicidade

As Nações Unidas afirmaram nesta segunda-feira que o armistício de 1953 que pôs fim à guerra da Coreia segue vigente, apesar da decisão de Pyongyang de denunciá-lo. "O acordo de armistício continua sendo válido e segue em vigor", ressaltou o porta-voz da ONU Martin Nesirky. "Os termos do armistício não permitem que nenhuma das partes se livre unilateralmente (do cumprimento)", acrescentou.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, considerou que o documento é "essencial" e pediu que a Coreia do Norte "continue respeitando seus termos tal como foram aprovados pela Assembleia Geral da ONU".

A Coreia do Norte anunciou na sexta-feira que anulava os acordos de não-agressão com a Coreia do Sul e que cortaria o telefone vermelho instalado entre ambos os países, algumas horas depois de a ONU ter decidido novas sanções contra o país.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade