1 evento ao vivo

Dilma quer manter Tombini no BC e convidar filho de Alencar

Aloizio Mercadante e Nelson Barbosa seriam as opções de Dilma para assumir o ministério da Fazenda

27 out 2014
07h42
atualizado às 10h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>A presidente avalia que ele (Tombini) fez um bom trabalho no BC e o nome para o Desenvolvimento é o de Josué Gomes, diz fonte à Reuters</p>
A presidente avalia que ele (Tombini) fez um bom trabalho no BC e o nome para o Desenvolvimento é o de Josué Gomes, diz fonte à Reuters
Foto: Mike Theiler / Reuters

A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) pretende manter Alexandre Tombini à frente do Banco Central e deve convidar o empresário Josué Gomes, filho do ex-vice-presidente José Alencar, para assumir o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, disse à Reuters neste domingo uma fonte do Palácio do Planalto com conhecimento sobre a formação da nova equipe econômica.

"A presidente avalia que ele (Tombini) fez um bom trabalho no BC e o nome para o Desenvolvimento é o de Josué Gomes", disse uma fonte próxima de Dilma, que falou sob condição de anonimato, esclarecendo que o convite ao filho do ex-presidente José Alencar para assumir o Desenvolvimento ainda não ocorreu.

No Ministério da Fazenda, Dilma estaria trabalhando neste momento, segundo a fonte, com duas opções para substituir Guido Mantega, cuja saída da pasta já foi anunciada: o atual ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante (PT), e o ex-secretário executivo da Fazenda, Nelson Barbosa.

De acordo com a fonte, a escolha do titular da Fazenda passa pela definição do comando da Casa Civil, que poderá acomodar o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), cujo mandato termina este ano. Wagner, um petista ligado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deverá ter posição de destaque no segundo mandato da presidente.

No desenho com Wagner na Casa Civil, Mercadante passaria a ministro da Fazenda. Se Wagner tiver outro cargo, Mercadante continuaria à frente da Casa Civil e Barbosa assumiria a Fazenda.

Ainda segundo a fonte, o gaúcho Miguel Rossetto é um petista em ascensão e um nome considerado para a secretaria-Geral da Presidência da República no segundo mandato da presidente, em substituição a Gilberto Carvalho (PT).

Veja como ficaram os resultados das Eleições 2014 nos Estados Veja como ficaram os resultados das Eleições 2014 nos Estados

Curso de investimento na Bolsa de Valores Curso de investimento na Bolsa de Valores
Quer começar a investir na Bolsa? Aprenda sobre ações, pregão eletrônico e como realizar os investimentos. Curso certificado pelo MEC, inscreva-se e comece já!

Veja também:

Vídeo mostra momentos antes de ônibus tombar na BR-376 em acidente com 19 mortes
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade