Hoje é último dia para participar da lista de espera do SISU

Descubra a seguir como vai ser a lista de espera do Sisu 2017, os critérios de participação e o calendário!

14 fev 2017
11h27
atualizado em 16/2/2017 às 11h09
  • separator
  • comentários

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o mais concorrido entre os processos seletivos que usam a nota do Enem.

A primeira informação que você precisa gravar na cabeça sobre a lista de espera do Sisu é que ela não é automática.
A primeira informação que você precisa gravar na cabeça sobre a lista de espera do Sisu é que ela não é automática.
Foto: Mundo vestibular

Na primeira edição de 2017, são oferecidas 238.397 vagas em 131 instituições públicas de ensino superior e o único requisito para entrar na disputa é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 e não ter zerado na redação.

As inscrições são gratuitas, o processo é totalmente informatizado e em poucos dias sai o resultado. Quem passa no Sisu se livra do vestibular!

Tamanha facilidade atrai milhões e milhões de candidatos de todo o Brasil e para passar na maior parte das vagas é necessário ter alcançado pelo menos 600 pontos no Enem.

Com isso, muita gente fica de fora. Acontece que nem todos os selecionados comparecem à universidade para efetuar a matrícula e, com isso, perdem a vaga. O que é uma penalidade para uns, significa uma boa notícia para muitos outros.

É que o Sisu tem uma lista de espera, o que dá aos não selecionados na chamada regular uma pontinha de esperança de conquistar uma vaga no ensino gratuito.

Descubra a seguir como vai ser a lista de espera do Sisu 2017, os critérios de participação e o calendário!

Vai ter lista de espera no Sisu 2017?

Sim. Após a divulgação dos resultados, o Sisu abre uma lista de espera aos interessados.

Quem pode participar da lista de espera do Sisu 2017?

Existem algumas regras para entrar na lista de espera. Só pode participar quem se inscreveu naquela edição do Sisu 2017 e:

-Não foi selecionado em nenhuma das opções na chamada regular.
-Foi selecionado para a segunda opção de curso - mesmo que tenha feito a matrícula.

Importante: a participação na lista de espera só vale para a primeira opção de vaga.

Como entrar na lista de espera do Sisu 2017?

A primeira informação que você precisa gravar na cabeça sobre a lista de espera do Sisu é que ela não é automática .

Quem quiser participar precisa se inscrever na lista de espera e, assim, tentar uma segunda chance de entrar na universidade pelo Sisu ainda no primeiro semestre.

Assim que sair o resultado do Sisu 2017, faça o seguinte:

-Acesse o site do Sisu.

-Clique no seu Boletim.

-Clique na opção "manifestar interesse em participar da lista de espera".

-Aguarde a mensagem de confirmação no sistema.

Como funciona a lista de espera do Sisu 2017?

Os candidatos têm um prazo, entre os dias 30 de janeiro e 10 de fevereiro, para manifestar interesse em participar da lista.

Após o período determinado para a matrícula dos selecionados na chamada regular, as instituições que ainda tenham vagas em aberto convocam quem está na lista de espera. Não dá para acompanhar esse processo pelo site do Sisu, pois são as próprias universidades que fazem a seleção e convocação.

De acordo com o calendário do Sisu 2017, a chamada dos selecionados em lista de espera acontece a partir do dia 16 de fevereiro.

O que fazer se você não passar na lista de espera do Sisu 2017

A gente sabe que a ansiedade para conseguir uma vaga na faculdade é grande e, mesmo com a possibilidade de entrar pela lista de espera, é preciso avaliar todas as alternativas.

Se você já quiser se garantir, confira algumas possibilidades:

-O Programa Universidade para Todos (ProUni) abre inscrições no mesmo dia do resultado do Sisu: 30 de janeiro. Para participar é preciso atender a requisitos de desempenho no Enem, renda familiar e formação escolar.

-O processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) abre no dia 6 de fevereiro. Também exige desempenho no Enem e tem critério de renda familiar.

-Há diversos programas de bolsas de estudos (Quero Bolsa, Educa Mais Brasil, etc.) e de financiamento privado para ajudar a bancar a faculdade com inscrições durante todo o ano.

-Inúmeras faculdades privadas aceitam o Enem como forma de ingresso. Confira as regras no edital da instituição de seu interesse.


Conheça algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem vagas no ProUni e FIES, têm programas próprios de bolsas e financiamentos e aceitam a nota do Enem para ingresso direto:

-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
-Universidade de Franca (UNIFRAN)
-Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)

-União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME)
-Faculdade Pitágoras

-Universidade Estácio de Sá

Mundo vestibular

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade