Dobrar lençol, pagar contas: conheça a escola que ensina a ser adulto

6 abr 2017
18h39
atualizado em 7/4/2017 às 11h10
  • separator
  • comentários

Não sabe dobrar um lençol de elástico, economizar para a aposentadoria, trocar um pneu nem limpar uma mancha de vinho? Agora há quem possa ajudar.

Aula de culinária e degustação de vinhos em atividade da Adulting School; iniciativa nos EUA quer ensinar 'macetes da vida adulta'
Aula de culinária e degustação de vinhos em atividade da Adulting School; iniciativa nos EUA quer ensinar 'macetes da vida adulta'
Foto: Divulgação / BBCBrasil.com

Bem-vindo à Adulting School (Escola de Virar Adulto, em tradução livre), que realiza uma série de workshops dedicados a "ensinar habilidades para o sucesso pessoal e financeiro".

O negócio quer suprir lacunas na vida de recém-formados, afirma a codiretora Rachel Weinstein. A escola, em Portland, no Estado do Maine (EUA), abriu em julho do ano passado. O slogan é "Venha para cá em vez de chamar seus pais".

"Qualquer pessoa acima de 18 a 22 anos é um adulto. A questão é quão bem você está se tornando um adulto", diz a fundadora.

Weinstein, uma psicoterapeuta que se tornou facilitadora de workshops, fechou parceria com a ex-professora Katie Brunelle e Rachel Flehinger, uma comediante de stand-up, para lançar o programa.

O trio visa reunir o tipo de conhecimento que muitos jovens não percebem que precisam até começarem a viver sozinhos (há até pessoas na casa dos 30 anos nos workshops), afirma Weinstein.

Organização pessoal é um dos eixos dos cursos da Adulting School
Organização pessoal é um dos eixos dos cursos da Adulting School
Foto: Reprodução/Instagram The Adulting School / BBCBrasil.com

Modus operandi

As aulas são por tópicos. Pequenos "macetes de vida", como começar a economizar mesmo com um salário inicial e como administrar melhor o tempo, são ministrados aos novatos. Mas os cursos também abrangem temas mais complexos, como lidar com a morte de um parente e administrar relacionamentos complicados.

Cerca de 200 pessoas já tinham feitos os cursos até janeiro desde ano. Alguns workshops, como os que ocorrem durante happy hours em bares, são gratuitos. "Estamos inserindo educação dentro de eventos divertidos", afirma a sócia Brunelle.

A escola irá cobrar US$ 20 (cerca de R$ 60) por mês pelo acesso a cursos online organizados em cinco eixos: finanças básicas, saúde e bem-estar, relacionamentos e comunidade, faça ou conserte você mesmo e carreira.

"Eu venho de uma geração em que o sistema público de educação impulsiona a dizer que podemos ser o que quisermos. O céu é o limite, é só cursar a faculdade e tudo será ótimo, sonhe o mais alto que puder", afirma a assistente administrativa Heather Noe, aluna da escola.

"O que estou esperando aprender nos cursos é suprir lacunas que sinto que tenho. Nunca me ensinaram a como pagar meus empréstimos estudantis, não tenho ideia de como comprar uma casa, de como começar além da busca online", afirma.

Ex-professora Katie Brunelle e psicoterapeuta Rachel Weinstein se uniram a comediante para abrir escola que ensina habilidades para a 'vida de adulto'
Ex-professora Katie Brunelle e psicoterapeuta Rachel Weinstein se uniram a comediante para abrir escola que ensina habilidades para a 'vida de adulto'
Foto: Reprodução/Instagram The Adulting School / BBCBrasil.com

Apenas nos EUA há cerca de 80 milhões de "millennials", pessoas nascidas entre 1980 e 2000. Dois terços das pessoas entre 23 e 35 anos possuem dívidas de longo prazo, e muitos não sabem como administrá-las.

"Essa geração foi estimulada a pensar diferente, e isso é maravilhoso, mas vem com alguns desafios. Porque se você não vem com um caminho pré-definido para seguir, você tem que descobri-lo por conta própria", afirma Weinstein.

veja também:

BBCBrasil.com BBC BRASIL.com - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC BRASIL.com.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade