0

Vasectomia de 28 anos é revertida no Brasil

20 mar 2017
11h39
  • separator
  • comentários

Segundo o dado nacional mais recente do IBGE, de 2015, o número de divórcios ao ano no Brasil cresceu 160% em 10 anos. Um dos motivos para o crescimento é simplesmente porque se separar, hoje, é bem mais prático.Em meio a este cenário cresce também a procura dos homens pela reversão de vasectomia, novos relacionamentos, uma nova vontade ter filhos.

Foi o que aconteceu com o empresário Marcus Burjato, com 63 anos, pai de dois filhos de um casamento anterior, decidiu reverter sua vasectomia de 28 anos - cirurgia para tornar o homem infértil. Burjato decidiu realizar o sonho da atual esposa, ter um filho. As chances eram pequenas, porém o procedimento foi um sucesso.

O procedimento foi um marco, já que o tempo entre a vasectomia e a sua reversão é de vital importância para a obtenção de bons resultados. No Brasil, já havia sido registrado reversões bem-sucedidas com até 25 anos, não mais que este período, e em homens mais novos.

Com técnicas microscópicas e sob raqui-anestesia, o andrologista e diretor do Instituto Paulista, Dr. Carlos Augusto Araújo Pinto, conseguiu reverter o procedimento. Em um período de 90 dias, o espermograma apontou que o paciente havia recuperado 70% de sua capacidade reprodutiva, um recorde.

"A reversão é um procedimento delicado que exige um microscópio capaz de aumentar entre 20 e 25 vezes, cuidado comparado ao de operações neurológicas, porque o tubo epididimálio é minúsculo. Só deve ser feito por mãos de profissionais bem qualificados. À medida que o tempo passa, a hiperpressão no epidídimo (tubo espiralado que fica na parte de trás do testículo, responsável por armazenar e transportar o esperma) vai gerando fibrose e surgem obstruções não no lugar em que foi feita a ligadura, mas abaixo desse ponto, o que complica a cirurgia, os espermatozoides não aparecem. Então, em vez de tirar aquele segmento e ligar os dois ductos deferentes, é preciso levá-los ao epidídimo num ponto próximo a esses que apresentam fibrose, fazendo uma conexão que deixa fora a área obstruída", afirma o Dr. Araújo.

Ainda segundo o especialista, hoje já se sabe que reversões com menos de três anos após a vasectomia, a chance de obtenção de espermatozoides no esperma ejaculado é de 95% com 76 % de taxa de gravidez. Entre 3 e 8 anos, 88 % com 53 % de chances de gravidez. Entre 9 a 14 anos, 79 % e 44 % de gravidez. Após 15 anos, aproximadamente 40%, com menos de 25% de chance de gravidez. É importante lembrar que essas taxas de gravidez são obtidas por meios naturais

Reversão
De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, paralelamente ao aumento do número de homens vasectomizados, têm aumentado o número daqueles que passam a desejar ter novos filhos. A causa mais comum é a constituição de novas famílias com mulheres que ainda não têm filhos. Outras eventuais, como falecimento de filhos, também são citadas esporadicamente.
A procura pela reversão de vasectomia hoje já está entre os principais motivos que o Instituto Paulista, em São Paulo, é procurado. "Em média 20 pacientes nos procuram mensalmente para reversão, número bem considerável", acrescenta o andrologista.

Vasectomia no Brasil
"A idade média dos homens que fazem vasectomia no Brasil é de 27 anos na rede pública e de 34 no sistema privado. Segundo o Ministério da Saúde, o número de esterilizações masculinas feitas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) subiu de 7.798 em 2001 para 34.144 em 2009, um aumento de mais de 4 vezes, últimos dados publicados.
Para ser submetido à operação, o homem precisa ter acima de 18 anos e dois filhos ou acima de 25 anos, com ou sem filhos, explica o especialista em saúde sexual masculina, Dr. Carlos Araujo, que também realiza reversões de vasectomia. Muitos ainda desconhecem dados sobre a real possibilidade de reversão microcirúrgica da vasectomia que imaginavam como "definitivas".

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade