0

Tecnologia e educação são as chaves da transformação das micro, pequenas e médias empresas no Brasil

Falta de capacitação é entrave para o crescimento de receita e expansão de mercado das PMEs nacionais

24 mar 2017
09h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Três em cada dez brasileiros adultos possuem uma empresa ou estão envolvidos com a criação de um negócio próprio, segundo pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor. São 60 milhões empreendedores, número que leva o Brasil ao primeiro lugar no ranking de empreendedorismo mundial. O País é um dos mercados com maior potencial de crescimento no e-commerce. Segundo pesquisa encomendada pelo Google, o mercado vai crescer em média 12% ao ano até 2021. Atualmente, o setor fatura 47 bilhões de reais. Mas por que o Brasil ainda não viu nascer seu Vale do Silício?

Foto: DINO

A resposta para essa pergunta é a falta de capacitação. Muitos empresários estão empenhados em levantar seu próprio negócio, porém, só uma uma boa ideia e força de vontade não bastam. É preciso estar capacitado para ter sucesso. Dados do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação aponta que das 13 milhões de empresas existentes no Brasil, só 2% são de grande porte, logo 98% dos empreendimentos são pequenos e médios. Esses dados trazem a dimensão do salto que o mercado de PMEs pode dar com o avanço da capacitação.

Por meio da tecnologia, empreendedores têm um enorme potencial para ter sucesso no seu próprio negócio, economizar despesas e aumentar a produtividade do seu time. Porém, o gargalo para essa transformação não é a tecnologia, que está cada vez mais barata e acessível, o grande desafio é o conhecimento, a capacitação dos empreendedores e os seus colaboradores, para gerar resultados ainda mais expressivos.

Uma pesquisa da SoDA, grupo das principais agências digitais do mundo, mostrou que o número de empresas que estão "fazendo em casa" o marketing digital, isso significa, cortando agências e capacitando seus funcionários para exercer essa função vem crescendo exponencialmente no mundo. Em 2014, esse número era de 13% e saltou para 27% em 2015, mais do que o dobro. A média global de empresas fazendo seu próprio marketing está em 28%.

De olho nisso, cada vez mais o mercado tem visto o crescimento das startups focadas em transformar o ensino e capacitar pessoas. Elas são conhecidas como Edtech e estão em franca expansão. Segundo estudo da Metaari, os investimentos globais de 2016 na área foram os maiores da história, atingindo a marca de 7,33 bilhões de dólares. A tendência de empreender com capacitação, oferecendo possibilidades para que outros empreendedores consigam melhores resultados e cheguem mais longe é uma prática que começa a tomar forma no Brasil.

Uma dentre as possíveis soluções para diminuir esse déficit são as startups de e-learning. Uma delas, a Wunder Digital é especializada na capacitação e qualificação de empreendedores e pequenas e médias empresas em marketing digital. A proposta é criar, por meio da tecnologia, a melhor experiência de ensino para os empreendedores, impactando positivamente no aprendizado e influenciando a melhora de serviços. O principal objetivo da empresa é ajudar outras empresas e empreendedores a aprender a fazer o seu próprio marketing digital, crescerem, gerarem novos empregos, causando uma revolução tecnológica com potencial de aumentar o alcance e faturamento das micro, pequenas e médias empresas.

Atualmente, o mercado de Edtech nacional é altamente fragmentado e com diferentes níveis de qualidade. Muita informação apresentada está ultrapassada e sem foco na experiência do usuário. Contudo, o maior déficit é que a maioria dos cursos são extremamente teóricos e não refletem a realidade do dia a dia. Por conta disso, a implementação do conhecimento em resultados práticos é difícil.

Para alcançar essa mudança, a Wunder desenvolveu uma plataforma para implementar a tecnologia no próprio negócio por meio de vídeos que mostram na prática as ferramentas e melhores tendências de marketing digital, vendas, produtividade, técnicas de gerenciamento, SEO e redes sociais.

A metodologia consiste em testar todas as técnicas que estão fazendo sucesso no mercado e ensiná-las por meio de um o passo a passo simples, prático e com foco no resultado . Os cursos são curtos, de alta qualidade e feitos para que cada etapa seja aplicada no momento, mostrando exatamente o que fazer, como fazer e de que forma aplicar o conteúdo dos cursos de maneira real no próprio negócio, gerando resultados de verdade. Além de contar com chat online, email e telefone para resolução de qualquer dúvida.

Com o avanço maciço do comércio em ambiente online e das redes sociais, se tornou uma necessidade para os empreendedores marcarem presença no ambiente virtual por meio de canais como site, Facebook, Instagram, Twitter e outros. Por mais que o produto ou serviço seja físico, muitas empresas ganham terreno com presença virtual de qualidade. Para atuar de maneira sólida e conseguir atrair mais clientes nasceu outra necessidade; estar capacitado para atuar de forma contundente e eficiente no ambiente virtual.

Sobre a Wunder Digital
Fundada em 2015, a Wunder tem como objetivo disseminar o conhecimento sobre Marketing Digital de uma maneira fácil e inovadora. A metodologia consiste em testar todas as técnicas que estão fazendo sucesso no mercado por meio de um passo a passo simples e prático, com foco no resultado. A startup é uma plataforma de capacitação que ensina o empreendedor a implementar tecnologia no seu próprio negócio a fim de desenvolvê-lo, economizando recursos e aumentando produtividade com vídeos passo a passo sobre ferramentas, melhores práticas de marketing digital, vendas, produtividade e técnicas de gerenciamento.

Quem faz a Wunder Digital:

Nils Kauwertz, CEO & Fundador:

Nils acredita que educação e tecnologia estão ligadas para potencializar o desempenho de empresas e empreendedores. Pessoas e organizações capacitadas são capazes de criar melhores soluções e mudar seu negócio. Em busca de formação e experiência, Nils saiu da Alemanha, seu país de origem, e viajou por Suíça, Inglaterra, China e Brasil. O intercâmbio educacional e cultural ascendeu a paixão pela inovação no campo de ensino. A partir dessa experiência, Nils criou a Wunder Digital, com objetivo de tornar empreendedores e as empresas mais produtivas e competitivas. Essa meta só foi alcançada unindo qualidade de conteúdo e facilidade tecnológica.

Veja também:

Asiáticos relatam discriminação na Alemanha em meio à pandemia
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade