PUBLICIDADE

Tecnologia contribui para mudança no cenário brasileiro educacional

Iniciativa pode melhorar o desempenho de alunos dentro e fora das salas de aula; tendência é uma das saídas para reverter os índices do Ideb

3 out 2016
0comentários
Publicidade

Após o anúncio da queda no nível de aprendizado dos estudantes brasileiros do ensino fundamental e médio - pior resultado desde 2005 - do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), divulgados pelo MEC (Ministério da Educação), o Congresso Nacional defende a reestruturação do ensino médio que possibilitará ao aluno a escolha de diferentes caminhos de formação, além da ampliação da carga horária a partir de 2017.
O cenário é ainda mais alarmante quando o quesito é a matemática. O levantamento aponta que na disciplina, o Ensino Médio segue estagnado na média das escolas do país com índice de 3,7 quando o objetivo era atingir 4,3. Do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental, o Brasil alcançou Ideb de 5,5 e bateu a meta que era 5,2. Entretanto, no ensino fundamental 2, que compreende do sexto ao nono ano, o Brasil mais uma vez não cumpriu a meta nacional que era de 4,7, ficando com Ideb de 4,5. Os estudantes alcançaram a nota 267 apresentando dificuldades de fazer cálculos simples de probabilidade.

Foto: DINO

Diante dos dados, não restam dúvidas sobre a necessidade de um novo formato de ensino. Se prender a atenção de alunos que não possuíam ferramentas que os dispersassem era um desafio, atualmente, essa tarefa é ainda mais árdua quando, nas salas de aula, a disputa está entre o giz, a lousa e a tecnologia. Equipamentos como smartphones, tablets, entre outros, que oferecem constantemente um mundo recheado de atratividade estão ao alcance, de forma cada vez mais acessível, a essa nova geração.

Com esse panorama, é preciso questionar a inclusão da tecnologia ao comportamento atual dessa geração e a métodos inovadores educacionais. Dados referentes a 2014 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontam que, atualmente, mais de 50% da população brasileira tem acesso a algum tipo de aparelho com internet.

Para Caroline Petian, Doutora em comunicação e cibercultura, é importante reconhecer que a tecnologia servirá de aliada porque sua presença na educação atual se dá desde formas tradicionais de ensino até naqueles que propõem métodos mais tecnológicos, mas que sozinha não dará conta da missão. "A tecnologia tem que se aliar a um bom planejamento de aula, de projeto pedagógico e de práticas reais. Incentivos de autoestudo e projetos que contemplem essa proposta fora de sala, também podem contribuir", analisa.

Para o Anderson Ilaris, CEO da Evolua Educação, os índices atuais representam o temor dos estudantes à matemática e o cenário atual acarreta problemas no panorama geral do ensino brasileiro que, consequentemente, poderá refletir no futuro da educação do país.

A solução para reverter o cenário negativo, para ele, é o investimento em sistemas de reforço extracurricular por meio de plataformas digitais que aliam o aprendizado à ludicidade do ensino. A Evolua Educação apresenta soluções tecnológicas como forma de ensino e traz para o mercado o Evolua Matemática para alunos do Fundamental II, uma proposta de aprendizagem lúdica, objetiva e com informações que atraem a atenção dos mesmos, facilitando a memorização e estimulando o aprendizado da disciplina.

"Com as mudanças comportamentais dos estudantes, o segmento precisa se transformar e, neste caso, a tecnologia é proveitosa no ensino interativo de conteúdos de maneira a torna-los mais atraentes para que os alunos adotem uma postura mais participativa", avalia.

Associar a matéria com o mundo real, criar objetivos e propostas lúdicas enaltecendo a importância da disciplina na vida dos alunos e fortalecendo a base do conhecimento são alguns dos objetivos da Evolua Matemática.

A ferramenta ainda concilia o aprendizado com princípios de gamificação no portal online Matematigame - exclusiva para alunos do Evolua Matemática - que atuará no desenvolvimento de aspectos sociais e impulsionará o desejo pela disciplina.

Sobre a Evolua
A Evolua Educação atua há 20 anos no desenvolvimento de conteúdos e soluções para a área educacional, aplicando a tecnologia para facilitar e reduzir o tempo de assimilação de conteúdos complexos.

É hoje a principal fornecedora de Sistema de Ensino Interativo para escolas livres do país, com método baseado na integração multimídia ao conteúdo a ser ensinado, de modo que os objetivos pedagógicos e o ambiente de estudo criem situações que estimulem o aprendizado, utilizando recursos interativos como textos, áudios, imagens e animações.

Já atendeu mais de 6 milhões de alunos e hoje conta com 1.500 escolas licenciadas e mais de 150 mil alunos ativos distribuídos por todos os Estados do Brasil, além de países como Angola e Japão.

Evolua Educação
(16) 3951-7200
Rua XV de Novembro, 430 - Centro
Cravinhos - SP

http://www.evoluamatematica.com.br/

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade