0

Site oferece correções de redação profissionais no estilo do ENEM e tem histórico de aprovações e nota máxima no exame

26 jul 2016
10h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A redação ainda é o maior pesadelo dos estudantes que prestam o ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio, porta de entrada para instituições públicas de prestígio. O motivo é simples: a matéria ainda não é ensinada com regularidade na maioria dos colégios e muitos estudantes simplesmente não têm oportunidades de treinar adequadamente.

Foto: DINO

"A redação é a única disciplina no ENEM em que é possível conseguir os 1000 pontos (nota máxima) e acaba sendo o maior diferencial para quem quer uma vaga em universidades públicas", lembra o prof. Alexandre Pioli, um dos criadores do EscreverOnline.

O site permite que vestibulandos enviem suas redações e recebam correções profissionais de professores mestres e doutores. "Nossa experiência mostra que, ao escrever redações e enviá-las a um professor, o aluno entende mais profundamente como funciona a avaliação das competências do ENEM e passa a observar esses passos de forma mais consciente".

O serviço tem um funcionamento simples e direto: o estudante adere a uma assinatura (o plano mais popular por lá sai por R$47/mês para 6 correções mensais) e já pode enviar a primeira redação. Em até 48h, já recebe a correção profissional de um dos professores e pode entender o que errou e como melhorar.

Os planos oferecidos pelo site podem ser conferidos em: http://bit.ly/servico-correcao-redacao-enem

Além das correções, o site também oferece um curso próprio de redação e aulas ao vivo para complementar a formação do vestibulando.

"O aluno realmente comprometido sabe que a correção de um professor faz toda a diferença - e isso se reflete claramente nos numerosos casos de ex-alunos nossos que conseguiram uma vaga em cursos concorridos, inclusive Medicina, como consequência de uma nota alta em redação. Não é raro termos estudantes tirando entre 960 e 1000 na redação todos os anos", observa o prof. Alexandre.


O FENÔMENO DOS ZEROS EM MASSA

Em 2014, mais de meio milhão de estudantes tiveram suas redações zeradas no ENEM e grande parte desses zeros ocorreram porque muitos não conseguiram compreender o que a proposta pedia - o que comprova que a redação do ENEM é também uma prova de leitura e interpretação. "Isso mostra que os alunos, tendo sofrido as deficiências no sistema de ensino, chegam despreparados para uma das partes mais importantes da prova", afirma a profa. Fernanda D'Olivo, coordenadora da área de Redação e Correção da EscreverOnline.

O outro lado da moeda são os poucos estudantes que conseguem a nota máxima em redação. "Nós temos vários casos de notas altas entre nossos alunos, e recentemente tivemos a notícia de que um deles foi um dos 104 que tiraram 1000 na última edição do ENEM. É claro que isso é uma satisfação enorme para um professor e gostaríamos de ver esses casos se repetindo mais vezes", observa a profa. Fernanda.

Um dos alunos que alcançaram a nota máxima em redação com ajuda do serviço inclusive gravou um vídeo em que deixa seu depoimento a esse respeito (que pode ser assistido aqui: http://bit.ly/servico-correcao-redacao-enem).

Ainda que o sonho da nota 1000 pareça distante para a maioria, o treino constante é a forma mais recomendada para que o estudante veja uma melhora em seu texto e chances mais reais de uma vaga em universidade pública. Neste sentido, sites como o EscreverOnline certamente são um apoio importante para vestibulandos que não têm acesso a professores particulars de redação.

Mais detalhes sobre o site e os planos oferecidos podem ser encontrados no site oficial: http://bit.ly/servico-correcao-redacao-enem

Veja também:

"Eu pensei: 'Vou morrer?'": a noiva surpreendida durante ensaio pela explosão no Líbano
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade