0

Seu Professor: da franquia para o White Label

7 out 2016
15h18
  • separator
  • comentários

Plataforma de ensino online lança novo modelo de negócio.

Em 2008, um grupo de profissionais de educação notou que seus alunos tinham uma dificuldade muito grande de comparecer às aulas de assistência no contra turno da escola e manter uma frequência ideal para seu aprendizado. Pensando em resolver a questão oferecendo uma plataforma para tirar dúvidas e atuar como reforço para provas como o ENEM e concursos públicos, criaram a Seu Professor. A ferramenta é uma plataforma de educação online que proporciona, além do tira dúvidas, que é um professor particular virtual 24h sete dias por semana, 365 dias ao ano, corrige redações, disponibiliza vídeo aulas e simulados. Tudo de forma personalizada.

Graças ao sucesso, em 2011, a empresa buscou a expansão por meio do sistema de franquias. Chegou a ter 66 unidades franqueadas espalhadas por todas as regiões do país. Ao todo, a plataforma educacional que conta com aulas nas matérias de Biologia, História, Geografia, Física, Química, Matemática, Língua Portuguesa, Redação, Espanhol e Inglês, já atendeu mais de 300 mil alunos. "A rede cresceu muito e rápido com as franquias, mas ainda assim, enxergamos outra possibilidade de levá-la a um número ainda maior de alunos", destaca Ricardo Althoff, CEO da Seu Professor.

Foi então que a empresa decidiu apostar num novo modelo de negócios, o White Label, marca branca, numa tradução ao pé da letra. A estratégia significa que a plataforma será levada a qualquer cidade do país não mais pela marca Seu Professor e sim pela marca desejada pelo parceiro local. "Com as franquias, o franqueado ficava limitado a uma série de regras. Já com o White Label, o licenciado poderá praticar os valores mais adequados para a sua região e usar as estratégias de marketing que desejar", defende Althoff.

Público não vai faltar. Estima-se que cerca de 20 milhões de estudantes estejam cursando o Ensino Médio e Fundamental, além de 17 milhões de concurseiros, 8,6 milhões que farão o ENEM e mais de 800 mil estudando para passar no EJA (supletivo). Somando, chega-se a uma marca de mais de 45 milhões de estudantes em todo o país. Ou seja, quem estiver disposto a oferecer uma nova opção de ensino a esses estudantes, certamente terá êxito.

O White Label não é novidade no exterior. Lá, o modelo de negócio é bastante usual e traz ganhos significativos tanto para o criador do modelo quanto para o comprador. "É uma maneira de garantir serviços de qualidade, com um suporte padronizado. Ao desenvolvedor, cabe a excelência. Ao licenciado, a habilidade de captação de clientes", garante o CEO. Diferentemente das franquias, o White Label apresenta maior flexibilidade, baixo investimento e uma menor burocracia.

O formato é ideal tanto para quem não tem empresa e quer começar seu próprio negócio, quanto para quem já tem sua marca na área de educação e quer rentabilizar, oferecendo um produto inovador. O empresário pode ser autônomo, professor, youtuber, blogueiro ou profissional de vendas. Basta possuir uma veia empreendedora para colocar a sua marca nessa ferramenta de ensino revolucionária.

A licença, que é válida por um período de três anos, está com um valor promocional de R$ 18.770. Além disso, há uma anuidade por aluno. "O licenciado pode cobrar o valor adequado à realidade de sua região, sabendo que terá apenas um custo fixo anual por cada matrícula efetuada". Todo suporte educacional, administrativo e financeiro se dá pelo Seu Professor. Além disso, a empresa dá treinamentos para o licenciado, entrega um site pronto, personalizado, uma página no Facebook com banners personalizados e apoio em marketing digital.

Por a plataforma ser totalmente online e não há necessidade de uma infraestrutura física para manter o negócio. O licenciado pode trabalhar de casa (home basis), ou se ele já tiver uma empresa, pode gerenciar o Seu Professor diretamente de lá. "Ao licenciado cabe apenas o trabalho de divulgar sua marca e conquistar alunos. Todo o resto fica por nossa conta", conclui Althoff.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade