1 evento ao vivo

E-commerce: como armazenar o estoque com o self storage?

23 nov 2016
09h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

No mundo do empreendedorismo, são diversas as possibilidades para tornar o desejo de abrir o próprio negócio em uma realidade de sucesso. Com o crescimento do uso da internet no mundo, as opções de comércio se multiplicam e abrem novas portas para quem tem interesse em gerir o próprio trabalho.

No entanto, aos envolvidos com e-commerce, contar somente com a disposição dos meios eletrônicos para as operações também pode representar dificuldades, já que outros recursos físicos precisam ser levadas em conta no planejamento das vendas.
Como alternativa para armazenar estoques diversos, o self-storage pode ser a solução para o seu negócio ter sucesso. Saiba mais:

Apontado como uma das melhores opções para quem deseja abrir um negócio de forma independente, o e-commerce traz o desafio de lidar com produtos sem a existência de um estoque específico.

Hoje, boa parte dos empreendedores opta por trabalhar no escritório da própria residência, evitando assim custos com aluguel de um espaço físico e as despesas que o acompanham, como conta de água, luz, taxas, entre outros. Além disso, é possível administrar uma pequena loja on-line sem a necessidade de contratar funcionários, o que garante uma despesa a menos para o empresário.

Sabendo das vantagens do e-commerce, muita gente se joga na 1ª oportunidade de abrir um negócio e se esquece de avaliar a possibilidade de manter um bom estoque. Na maioria dos casos, o tamanho do espaço necessário para a armazenagem vai depender do tipo de mercadoria comercializada e da demanda.

Sendo assim, para evitar a falta de produtos, é preciso realizar um estudo detalhado das necessidades do negócio para evitar prejuízos e a perda de clientes.

As alternativas de estoque para uma loja virtual para quem já possui um e-commerce ou ainda está dando o passo inicial sem contar com uma loja fixa, a dica é alugar espaços com empresas especializadas. Conhecidos como self-storages, os boxes são fabricados especialmente para a armazenagem de diferentes tipos de estoques. Com um self-storage, qualquer pessoa pode ter acesso a um local adequado para a reserva das suas mercadorias com segurança.

A alternativa é valiosa porque permite que o empreendedor mantenha seus serviços de controle e administração on-line sem se preocupar com uma possível falta de produtos. Na maioria das empresas, o processo de alugar boxes é feito de maneira rápida, simples e sem burocracia, se tornando a opção ideal para quem não deseja encarar a gestão de um ponto físico.

As vantagens do self-storage :

BAIXO CUSTO

Em muitas cidades brasileiras, o preço de um aluguel de armazém pode custar muito caro para empreendedores de pequenos negócios. E ele terá que arcar com IPTU, energia elétrica, água, manutenção e segurança além de ficar obrigado a um prazo longo de contrato. E ainda, a necessidade de um espaço maior para guardar produtos pode acontecer esporadicamente de acordo com a demanda ou sazonalidade. Sendo assim, o self-storage se torna uma opção mais barata e prática para quem deseja escolher o período de armazenagem, mesmo que de poucos dias.

FLEXIBILIDADE
Quando aluga uma loja física ou galpão, o empreendedor fica limitado ao seu tamanho, que após um tempo pode não ser suficiente para a armazenagem. O self-storage oferece diferentes possibilidades de espaço e dimensões de boxes, além de permitir que o locador aumente ou diminua o espaço alugado a qualquer momento, de acordo com suas necessidades.

SEGURANÇA
Os armazéns de self-storage têm controle de acesso por chave e código de segurança, além de câmeras de vigilância que garantem segurança ao locatário. Isso permite o acompanhamento dos acessos e a tranquilidade de que seu estoque está seguro

A STORAGE GUARDA-TUDO, pioneira em self-storage no Brasil e com experiência de vinte anos e mais de 16.000 locações celebradas, já atende diversas empresas de e-commerce. Seu site : www.storageguardatudo.com.br

Veja também:

Explosão no Líbano: BBC visita epicentro do desastre no porto de Beirute
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade