0

Congresso discute setor metroferroviário

As discussões abrangem transporte de pessoas sobre trilhos, vagões de cargas e a relação com os Ensaios Não Destrutivos

14 jul 2016
17h38
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Esquecido por quase 50 anos, o setor ferroviário volta a ser assunto no Brasil. O país pretende investir, novamente, num sistema de transporte vencido pela força da indústria automobilística, que vem ganhando velocidade desde o governo de Juscelino Kubitschek, entre os anos 1956 e 1961.

Tendo a sua primeira estrada de ferro construída ainda na época do Império, a nação enfrenta agora o desafio de retomar o setor, motivada pela redução de acidentes (o segmento ferroviário é o que menos registra acidentes com mortes), do trânsito e da poluição. Para isso, o Ministério dos Transportes pretende incentivar o tráfego de carga pelos trilhos e tornar o trem melhor que o ônibus, estimulando a população a fazer a troca de modal.

Promovido e realizado pela Abendi - Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção, o ConaEnd&Iev - Congresso Nacional de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção terá uma Sessão Especial dedicada ao tema, no dia 24 agosto, com apoio institucional da Associação Nacional de Trilhos, ANP Trilhos; da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária, Abifer e da Associação de Engenheiros e Arquitetos do Metrô, Aemesp.

Participe da Sessão Metroferroviário que abordará aplicações de END e Inspeção no setor.

Coord. Antonio Aulicino - Abendi
Palestra - Avaliação de tensão por ultrassom em rodas forjadas.
Palestrante: Domingos José Minicucci - MWL Brasil Rodas & Eixos Ltda.
Palestra - Aplicação de ensaios não destrutíveis na estrada de ferro Carajás.
Palestrante: Raimundo Baldez, Jefferson Klauss - VALE

Palestra - Inspeção com Ensaio Não Destrutivo Ruído Magnético de Barkhausen para Avaliar Tensões Residuais de Fabricação em Rodas Ferroviárias Forjadas.
Palestrante: Éverson Fabiano Santos - USP.

Palestra - Aplicação do ensaio ultrassônico na inspeção de vias ferroviárias.
Palestrantes: Lucas Barros e Pedro Feres Filho - PASA NDT
ConaEND 106 - Inspeção de eixos ferroviários tubulares por ultrassom phased array.
Apresentador: Fabrício Torres - Vallourec Tubos do Brasil. Coautores: Amarildo Ferreira, Paulo Bruschi Leite, Ronaldo Antunes, Edson Eufrásio (Vallourec Tubos do Brasil).

*ConaEND 105 - Implantação da Termografia nos equipamentos da Via Permanente do Metrô de São Paulo.
Apresentador: Luiz do Nascimento Pereira Junior (Cia do Metropolitano de São Paulo).

*O trabalho ConaEND 105, será apresentado na Sessão Termografia que acontece na sequência da Sessão metroferroviário.

Sobre o Conaend&IEV2016 - Os últimos avanços tecnológicos e os principais temas de pesquisa focados em aprimorar a rotina operacional das empresas serão apresentados no maior evento brasileiro sobre End&Inspeção: ConaEnd & IEV 2016 (Congresso Nacional de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção), que acontecerá na cidade de São Paulo, Brasil, entre os dias 22 e 25 de agosto. O objetivo do evento é estabelecer uma sinergia entre a comunidade técnica e a Indústria, divulgando novos produtos e serviços capazes de aumentar a produtividade, reduzir riscos de acidentes e, consequentemente, minimizar os custos.

De forma geral, o encontro se desdobra em sessões especiais, fóruns de debates, apresentações de trabalhos técnicos (sessão oral e pôster) e minicursos sobre temas industriais. Pelo menos 1.000 pessoas devem participar das discussões, entre representantes de empresas, entidades, centros de pesquisa e universidades, como: Petrobras, Embraer, Eletrosul, ITA, Anac, CTA/IFI, IEC, Abifer, BAM (Instituto Alemão de Pesquisa), Oceanering, International Marine Contractors Association - IMCA (UK), USP, PUC Rio, Ufrgs, Feagri/Unicamp, UFRJ, UFRN, UPE, UFPE, etc.
Entre as principais atrações estão NDT Aerospace ASNT/Abendi, 7° Encontro Nacional de Profissionais Certificados pelo SNQC END (N3), 5º Encontro de Auditores de Sistemas de Gestão, 2º Encontro anual sobre Certificação de Competências Pessoais em Atmosferas Explosivas, 5º Fórum sobre Novas Tecnologias e Aplicações de END e Inspeção, Workshop Luso-Brasileiro de fabricação e tecnologias de inspeção, Campeonato de END e Inspeção (Ultrassom e Partículas Magnéticas).

Entre as novidades, destacam-se a realização do FRIM, Flexible Riser Integrity Management visa reunir estes diferentes agentes, apresentar um panorama sobre essas estruturas, identificar os desafios de gerenciamento da integridade de risers flexíveis e promover uma ampla discussão entre especialistas de todo o mundo e a criação de um Lounge interativo para simuladores, um espaço na área de exposição que agrupará empresas de softwares e simuladores.
Todas as informações sobre o evento estão em: conaend.org.br

Sobre a Abendi - Voltada à difusão das atividades de Inspeção e Ensaios Não Destrutivos (ENDs), preservando a vida e o meio ambiente, a Abendi mantém parcerias com entidades e empresas para disseminar o uso de ENDs, técnicas indispensáveis na inspeção de materiais e equipamentos sem danificá-los, sendo executadas nas etapas de fabricação, construção, montagem e manutenção. Entre elas estão a Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM), Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Petrobras, o Senai, Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia - CEFET/BA, entre outras. Além disso, a associação também possui acordos e convênios de cooperação técnica com instituições dos seguintes países: Alemanha - DGZfP, Argentina - AAENDE, Austrália - AINDT, Áustria - OgfZP, Bélgica - BANT, Canadá - CSNDT, China - ROCSNT, Coréia do Sul - KSNT, Espanha - AEND, Estados Unidos - ASNT, França - COFREND, Hungria - GTE, Índia - ISNT, Inglaterra - BInstNDT, Itália - AIPnD, Jamaica - JSNDT, Japão - JSNDI, Noruega - NSNDT, Romênia - AroEnd, Rússia - RSNTTD, Uruguai - AENDUR e Venezuela - ASOVEND.

A Abendi também é acreditada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, como Organismo de Certificação de Pessoal - OPC-002, conforme a Norma ISO 17024, para a qualificação e certificação de pessoal em END, baseada nos critérios da Norma ISO 9712. Credenciada, desde 2003, pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) como Organismo de Normalização Setorial (ONS-58), para a elaboração de normas de END; e pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para trabalhar como instituição de Pesquisa

Veja também:

A enfermeira que salvou três bebês de hospital atingido pela explosão em Beirute
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade