0

Brasileiros colecionadores de tênis superam dificuldades para adquirir artigo através de marca exclusiva

20 mar 2017
17h13
  • separator
  • comentários

Por Rafael Barelli

Foto: DINO

Tênis dos mais variados tipos, cores e modelos fazem a cabeça de milhares de jovens e adultos mundo afora, esses aficionados por sneakers (tênis) exclusivos são conhecidos por sneakerheads, ou seja, um "maluco por tênis".

Esses grupos de pessoas são caracterizados por não medirem esforços para conseguirem aquela tal edição limitada que saiu somente 10 pares em todo o planeta, e são capazes de fazer loucuras para obter o tão desejado calçado.

A admiração não é de hoje. Nos anos 80, a moda esportiva ganhou destaque e marcas como Adidas e New Balance saíram da seção sportswear e correram para as vitrines do mundo. Ter o mais recente lançamento nos pés era a obsessão dos jovens que eram vistos indo trabalhar combinando blazers e calçados para corrida. Foi nesse cenário que os colecionadores começaram a se sentir atraídos pela força do artigo. Nos anos 90, o streetwear dominou a moda mantendo os tênis como hits de sucesso conquistando mais adeptos.

Atualmente, os sneakerheads são cada vez mais comuns. O rapper Kanye West é um colecionador assumido e por isso desenvolve modelos exclusivos para seus shows. Em um dos seus lançamentos, o cantor lançou, em parceria com a Nike, o modelo "Red October", em comemoração aos 10 anos do primeiro álbum. Acabaram em 11 minutos e chegou a ser vendido no Ebay pela bagatela de R$ 40 milhões! No momento o rapper está assinando com a marca alemã Adidas, sua quinta coleção chamada de Yeezy Season 5, que sempre vem sendo apresentada nas semanas de moda das principais cidades do circuito fashion.

Como é de se imaginar, a grande cena dos sneakerheads está nos Estados Unidos, mas aí você deve estar pensando: Então a galera do Brasil apaixonada por tênis acaba sendo prejudicada, pois a maioria dos sneakers exclusivos estão na terra do Tio Sam, né? Não, grandes marcas já veem o mercado brasileiro como um mercado em potencial e por conta disso lançam muitos tênis exclusivos no mercado tupiniquim, o que causa furor e comoção nos colecionadores.

Inclusive diversos lançamentos aqui no Brasil causam filas gigantescas onde muitos colecionadores passam a noite inteira, e às vezes acabam ficando sem o desejado artigo. Um exemplo foi o lançamento do sneaker Yeezy Boost 350, criado em parceria com Kanye West em 2015. A Adidas disponibilizou 30 pares em uma loja em São Paulo, que se esgotaram em pouquíssimos minutos.

Mas e os tênis limitados que não chegam ao Brasil? Aí é que entra o trabalho como o da DNS Grifes e Marcas, que faz esse processo de ir até os Estados Unidos, ficar na fila, comprar o artigo e trazer para os sneakerheads brasileiros.

O idealizador dessa ideia é Denis Almeida, que há sete anos atrás teve a ideia de fundar a DNS Grifes e Marcas e facilitar a vida de muitas pessoas que não podem viajar o tempo todo para comprar artigos exclusivos na América. "Quando começamos o trabalho de importação de grifes, fomos nos aproximando cada vez mais da cultura, vi que as pessoas em New York se expressam muito através do seu jeito de se vestir", conta Denis. "A cena no Brasil também estava crescendo, as pessoas se importando mais com esse tipo de coisa, então tive a ideia de começar a importar os produtos para essas pessoas que buscam algo exclusivo", finaliza.

Um dos clientes da DNS Grifes e Marcas é Rubinho, um sneakerhead assumido e que teve sua vida muito facilitada depois que descobriu que não precisaria ir para os Estados Unidos para obter um sneaker exclusivo.

"Não cheguei a participar da fase que muitos dos Sneakerheads passaram, onde alguns ficaram até oito dias dormindo na rua para adquirir um tênis, eu mesmo passei uma ou duas noites no máximo na fila, mas com o surgimento da DNS, esse processo foi muito facilitado", conta Rubinho.

Além da importação de peças de marcas famosas, Denis viu na cena Rap, Hip Hop norte-americana uma forma de produzir seus próprios artigos e então há 3 anos foi criada a DNS This Is My Style (Esse é o meu estilo, em tradução literal).

"A DNS This Is My Style tem muita influência da cultura de rua norte-americana, então com essa inspiração, misturei tudo que aprendi com as grifes mais renomadas e, o que me diziam as marcas mais populares e urbanas para criar minha própria marca", conclui Denis.

No dia 18 de março ambas as marcas fizeram aniversário, com uma estrada longa a ser percorrida, afinal a cultura de rua jamais se acabará.

Para mais informações sobre a empresa, acesse o site: www.dnsgrifesemarcas.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade