1 evento ao vivo

Startup brasileira vende gás de cozinha online e chega a Portugal com programa de aceleração

20 fev 2017
11h11
atualizado em 16/5/2017 às 10h41
  • separator
  • comentários

A Preço do Gás (https://www.precodogas.com.br) é uma Startup brasileira que iniciou suas atividades no Brasil recentemente (novembro de 2016) e que agora está expandindo suas atividades para Portugal e em breve toda a Europa. Chegou a Portugal através de um processo de seleção na cidade de Sintra, pelo programa Startup Sintra (https://www.startupsintra.com/pt-pt/blog-2/105-1x1-com-o-preco-do-gas), que contou com mais 100 Startups participantes do processo de aceleração para restarem apenas 10 finalistas e em Portugal passa a utilizar o nome de Preço da Botija (https://precodabotija.pt).

Foto: DINO

Utilizando uma plataforma online onde une os consumidores finais de botijões de gás (gás de cozinha) aos seu revendedores. Utilizando um recente modelo negócios, conhecido como Marketplace e cada vez mais comum no mercado e no mundo tecnológico, faz o papel de intermediária, não se envolvendo diretamente na relação de consumo, não recebendo os valores, sem ingerência nos preços praticados ou forma de pagamentos e não possuindo nenhuma revenda física de gás. Conta, em seu banco de dados, com vários revendedores de gás em garrafa cadastrados e ao mesmo tempo com vários consumidores que os buscam para seu consumo.

Atualmente quando um consumidor precisa comprar seu gás de cozinha, ele encontra dois problemas ao pesquisar na internet:

O primeiro é que poucos revendedores possuem site próprio; seja pelo alto custo de produção e manutenção; seja porque ainda não identificaram a nova tendência do consumidor final, que hoje já está migrando para a internet e prefere fazer suas solicitações online; ou mesmo pela falta de tempo ou de conhecimento específico do revendedor para administrar uma página, o que é perfeitamente compreensível já que não é a finalidade do seu negócio.

Já o segundo problema enfrentado pelo consumidor é que, mesmo quando encontra alguns poucos revendedores que possuem alguma página ou propaganda na internet, ele não encontra o preço praticado, tendo que ligar para cada um encontrado para pesquisar sua melhor compra, fazendo-o perder tempo e ligações para pesquisa.

A missão da empresa não se atém a resolver os problemas dos consumidores, a Preço do Gás também está ajudando os revendedores de gás de cozinha, pois faz toda a divulgação de suas revendas na internet, poupando-lhes o tempo despendido na manutenção de sua divulgação e o dinheiro gasto nos altos custos para criação e veiculação das mesmas na mídia, normalmente utilizando-se Google Adwords e Facebook Ads. Além disso, também fornece um sistema de CRM onde o revendedor pode controlar todo o seu movimento de vendas e fluxo de entregas, controle por GPS do entregador, para acompanhamento do da entrega, tanto para o consumidor quanto para o revendedor, período de consumo do gás de cada cliente, marca preferida, realizar uma venda ativa para consumidor, ou seja uma ferramenta poderosíssima para o revendedor aumentar sua produtividade e receita, através da simples interpretação dos relatórios e colocando em prática novas estratégias, de acordo com esses relatórios filtrados, gerando assim maior lucratividade ante economia conseguida através do planejamento mais acertado, panfletando nos lugares corretos e criando campanhas apenas para determinadas regiões e buscando atingir novos clientes.

O consumidor utiliza sempre de forma gratuita e o revendedor tem duas opções de cobrança dos serviços para receber os pedidos de entrega de gás; sendo o primeiro por assinatura, onde ele pagará sempre um valor fixo mensal para usar o CRM, independente do número de pedidos; e o segundo, um valor mensal variável, onde ele pagará apenas pelas entregas efetuadas no mês. Ele pode optar em ter somente pedidos recebidos, somente o CRM ou ambos.

A Preço do Gás acredita nas novas formas de consumo e na evolução da tecnologia em prol da humanidade. Portanto, tem como missão principal facilitar a vida dos consumidores de gás em garrafa, bem como dos revendedores, instigando o mercado através da legalidade, da livre concorrência, da ética, da eficiência e da excelência na prestação de serviço, tornando-se o novo elo entre os consumidores de Gás em garrafa e seus fornecedores. A forma inteligente de comprar e vender gás em garrafa pela internet.

No Brasil a Preço do Gás já está forte em 7 estados brasileiros e está começando a atuar em todo o resto do extenso território.

Conforme já dito acima o objetivo tanto da Preço do Gás quanto da Preço da Botija é juntar o comprador com o vendedor de gás, para que possam, ambos, terem uma melhoria na experiência do comércio do gás de cozinha.

O programa de aceleração da Startup Sintra visa validar o mercado português e europeu de maneira geral, testando a viabilidade do mesmo modelo de negócios já em funcionamento e validado no Brasil, através da empresa Preço do Gás.

Atualmente no mercado de gás do Brasil são vendidos 33 milhões de botijões de gás por mês, já em Portugal são vendidos quase seis milhões de botijas por mês. Mesmo que a quantidade vendida em Portugal seja bem menor, o consumo per capita é bem maior, já que os portugueses, além de cozinhar, usam o botijão de gás para aquecimento. No Brasil basicamente se usa para cozinhar.

E o que os dois países têm em comum, além do idioma, é a busca incessante de pesquisar preços. Claro que cada um com suas particularidades, mas tanto os consumidores e revendedores possuem os mesmos problemas, saber o melhor preço do gás da sua região e administrar uma página de vendas na internet, respectivamente.

Agora, com os sites e aplicativos mobile da Preço do Gás e da Preço da Botija, os consumidores, tanto do Brasil quanto de Portugal terão um meio de solicitar a entrega do seu gás de cozinha pelo melhor preço, marca preferida, forma de pagamento aceitável, distância da revenda e avaliação do revendedor e seus entregadores.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade