1 evento ao vivo

5 Dicas preciosas para economizar em uma viagem internacional

6 mar 2017
16h59
atualizado em 7/3/2017 às 08h38
  • separator
  • comentários

Viajar pode ser caro? Muito! Mas também pode sair muito mais em conta do que você imagina. Tudo é questão de planejamento e organização. Descubra como estes dois itens aliados de boas escolhas podem ajudar a diminuir os seus gastos em uma viagem internacional.

Foto: DINO

1 - Evite viajar na alta temporada
Não é sempre que conseguimos escolher o período em que vamos tirar nossas férias, mas se for possível se planejar com antecedência e evitar viajar na alta temporada, certamente poderá usufruir de vários benefícios e fazer o dinheiro que você reservou para a sua viagem render muito mais! Além de ter uma maior tranquilidade para encontrar passagens, hospedagens e passeios com um valor mais acessível, você poderá aproveitar muito melhor o destino turístico.

2 - Atenção na hora de comprar moeda estrangeira
Fazer uma pesquisa sobre as melhores opções de câmbio é fundamental na hora de comprar moeda estrangeira. Isso porque os impostos que incidem sobre este tipo de operação são diferentes de acordo com os produtos. Enquanto o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) aplicado para compra de dinheiro em espécie é de 0,38%, o valor deste imposto aplicado para cartões pré-pagos, crédito ou débito é de 6,38%. Fora isso, as cotações podem sofrer uma variação de até 15% de uma casa de câmbio para outra.

Uma dica interessante para quem quer garantir o melhor preço é consultar o Portal do BoaTaxa (www.boataxa.com.br), com ele você não precisa gastar tempo ligando para as corretoras de câmbio a fim de comparar as cotações. O sistema faz isso para você em poucos segundos! Basta você informar qual moeda deseja comprar entre as 21 disponíveis, quantidade e localização. Depois disso, o portal se encarrega de buscar os melhores preços praticados entre as corretoras de câmbio cadastradas e os apresenta para você no formato de ranking. E o melhor: você pode finalizar a sua operação online com a corretora escolhida, de onde você estiver. É a garantia de fazer um ótimo negócio de forma simples, rápida e segura.

Outro ponto importante para não ficar na mão é nunca comprar moeda estrangeira de cambistas. Embora o valor pareça ser atrativo, inúmeros viajantes acabam descobrindo que estão com moeda falsa da pior maneira possível: quando já estão fora do país.

3 - Planeje o seu roteiro com antecedência
Se essa não é a sua primeira viagem para o país de destino, é muito importante traçar um roteiro antes de embarcar com os lugares que você deseja visitar. Para isso, os blogs de viagem podem ser grandes aliados e irão te apresentar diversas possibilidades com o que cada destino tem de melhor a te oferecer. Você vai ver que algumas cidades oferecem passes para diversas atrações, o que pode ser econômico caso você tenha interesse em visitar a maior parte dos passeios oferecidos no pacote. Mas o que você também vai descobrir nas suas buscas é que existem várias atrações turísticas gratuitas, independentemente de onde você estiver. Museus, parques, praças, monumentos e espetáculos de rua estão entre algumas das atrações que você pode curtir sem ter que colocar a mão no bolso.

Assim será mais simples montar um guia para todos os dias da sua viagem, o que te ajudará a otimizar melhor o seu tempo, programar os custos com antecedência e evitar gastos que possam estourar o seu orçamento. Para montar o roteiro considere a distância entre os passeios que irá fazer e o melhor horário para aproveitar cada uma das atrações escolhidas. Não se esqueça de deixar um tempo livre também para poder aproveitar algo que não tenha sido planejado.


4 - Use e abuse do transporte público!
Como se locomover no destino é outra questão que pode somar custos consideráveis para a sua viagem. Por isso, a opção mais vantajosa é fazer o uso do transporte público, como ônibus e metrô, que te levam aos principais lugares de interesse turístico com agilidade e segurança em quase todos os países. Muitas vezes, vale mais a pena comprar um ticket de longa duração do que comprar um bilhete por dia ou passe por trecho. Por isso, informe-se sobre a existência destes e coloque na ponta do lápis para ver o que vai ser melhor para o seu bolso.

Outra dica importante é não se esquecer também de buscar alternativas de transporte para fazer o seu traslado aeroporto/hotel e vice-versa, uma vez que pegar táxi nessa situação costuma ser muito mais caro.

5 - Comunique-se de forma inteligente
Se você não for cauteloso, é muito provável que você tenha uma surpresa desagradável quando a conta de telefone chegar após ter feito uma viagem para o exterior. Por isso, antes de embarcar, não esqueça de desabilitar os dados do seu celular. Não atenda ligações em seu celular do Brasil e nem efetue ligações de lá para cá, os preços são exorbitantes. Você irá notar que muitos locais oferecem Wi-Fi gratuito e com isso você pode aproveitar para usar a tecnologia a seu favor: WhatsApp, Skype e Facetime são alguns dos aplicativos que permitem esta comunicação de forma gratuita desde que você tenha acesso a internet. Se você não abre mão de ter internet móvel e/ou voz durante toda a sua viagem, uma alternativa mais econômica é comprar chips pré-pagos com pacotes válidos por tempo determinado. Eles podem ser encontrados em supermercados ou bancas de jornal e permitirão que você fique conectado e possa dividir todos os momentos incríveis com quem ficou aqui no Brasil.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade