0

Mais chuva no Pará

Alerta para chuva forte

14 mar 2017
13h01
atualizado em 16/3/2017 às 08h49
  • separator
  • comentários

As áreas de instabilidade que estão ativas sobre o Norte do Brasil estão colaborando para a formação de nuvens muito carregadas. De acordo com o Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia entre 10h e 11 horas desta terça-feira (14), horário de Brasília, houve registro de chuva forte em , no Pará. Em uma hora choveu 40 milímetros .

Entre 9h do dia 13/03 e 9h desta terça-feira (14), , no Pará, registrou um acumulado de 65,8 milímetros . Em(PA), no mesmo período, choveu 52,2 milímetros e acumulou 49,6 milímetros . Veja a tabela abaixo com os 10 maiores volumes de chuva no Norte:

Foto: Climatempo

Na Região Norte do Brasil, o período mais chuvoso do ano é chamado popularmente de "inverno", embora aconteça em sua maior parte nos meses de verão. Chuvas volumosas são bastante comuns nesta época do ano.

As áreas de instabilidade vão continuar ativas sobre o Norte do Brasil. O l este e norte do Pará e também o norte do Tocantins vão receber o maior volume de chuva nos próximos dias. Entre quarta-feira (15) e quinta-feira (16), o tempo fica chuvoso nestas localidades. O alerta é para chuva frequente, volumosa e por vezes de forte intensidade . Abaixo, o mapa de chuva acumulada mostra a tendência de um volume que pode passar dos 100 milímetros em algumas localidades da região Norte, até o dia 19/03:

Foto: Climatempo

Os altos volumes de chuva observados no Pará prejudicam as condições do trecho de terra da BR 163 que está atolada. Os prejuízos para caminhoneiros e o mercado de agronegócios, é enorme.

Acima da média

Em , capital do estado de Roraima, o volume de chuva já ultrapassou a média mensal. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, do dia 01/03 até o último dia 13/03 já choveu aproximadamente 40 milímetros . Vale ressaltar, que quase toda essa chuva caiu apenas em um único dia. No dia 11 de março, choveu 37 milímetros . A média para o mês de março é de 31 milímetros , ou seja, já choveu um pouco mais que a média do mês.

Foto: Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade