1 evento ao vivo

Chuva irregular causa apreensão no centro-norte do BR

Chuva irregular causa apreensão no centro-norte do BR

14 mar 2017
16h22
atualizado em 16/3/2017 às 08h49
  • separator
  • comentários

Análise das condições do tempo na última semana:

Os últimos dias foram marcados pelas chuvas torrenciais em grande parte das lavouras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina . A chuva causou também a paralisação dos trabalhos de colheita do arroz, soja e milho nestes estados. Nas demais regiões, os últimos 10 dias foram marcados pelas chuvas apenas na forma de pancadas isoladas . Sendo que já existem localidades do Centro-Oeste, Sudeste e, principalmente do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia que estão a mais de 10 dias sem registros de chuvas e que essa ausência já vem causando forte preocupação aos produtores, uma vez que as lavouras já começam a apresentar sinais de estresse hídrico.

Foto: Climatempo

Chuva acumulada dos últimos 7 dias

Foto: Climatempo

Água disponível no solo em 14/03

Previsão para os próximos dias no Brasil:

Apesar da presença de áreas de instabilidade sobre grande parte das regiões central e norte do Brasil , a previsão para essa terça-feira (14), é de calor e pancadas de chuvas irregulares ao longo do dia, principalmente no período da tarde e noite. Esse padrão meteorológico ainda manterá certa apreensão junto aos produtores, uma vez que já há diversas localidades do Centro-Oeste, do Sudeste e do Matopiba que estão a mais de 10 dias sem registros de chuvas e deste modo, muitas lavouras já estão entrando em estado de estresse hídrico. Ainda não houve relatos de perdas nos potenciais produtivos das plantas , mas a ausência de chuvas regulares vem provocando o enrolamento de folhas de milho . No algodão, ainda não há relatos de sintomas de estresse, assim, como no café e na cana de açúcar.

Por outro lado, esse tempo mais firme tem possibilitado o rápido avanço dos trabalhos de colheita e posterior plantio das lavouras de 2ª safra . Na cana de açúcar , diversas usinas de São Paulo e de Minas Gerais já iniciaram suas atividades, beneficiados por esse padrão meteorológico.

Contudo, para toda a região centro-norte do Brasil a mudança neste padrão meteorológico só deverá ocorrer a partir desse próximo final de semana. Isso porque, uma nova frente fria conseguirá avançar sobre a região Sudeste e desse modo, organizar melhor o corredor de umidade, vindo da Amazônia, provocando chuvas mais generalizadas sobre toda a região, inclusive em municípios do norte de Goiás e de Minas Gerais e em todo o Matopiba, cujas localidades são a que apresentam maior número de dias sem chuvas.

No Sul , após alguns dias de chuvas continuas e até mesmo de tempestades , a terça-feira será mais um dia de tempo aberto e sem previsões para chuvas generalizadas o que possibilita sem grandes transtornos os trabalhos no campo de colheita do arroz, soja e milho . As chuvas só deverão retornar à região no final dessa semana, onde há possibilidade novamente de ocorrer tempestades entre a sexta e o sábado, principalmente no Rio Grande do Sul.

Foto: Climatempo

Foto: Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade