PUBLICIDADE

Foto vencedora de prêmio perde título por usar lobo treinado

21 jan 2010
09h32 atualizado às 10h28
09h32 atualizado às 10h28
Publicidade

A foto vencedora do prêmio 'Wildlife Photographer of the Year', de um lobo ibérico saltando o portão de uma fazenda na Espanha como se fosse atacar uma presa, foi desclassificada após a descoberta de que se tratava de um animal que pertencia a um zoológico e havia sido treinado.

A foto do lobo pulando uma cerca perdeu o título de melhor foto do ano do prestigiado prêmio Veolia Environment Wildlife Photographer of the Year
A foto do lobo pulando uma cerca perdeu o título de melhor foto do ano do prestigiado prêmio Veolia Environment Wildlife Photographer of the Year
Foto: José Luiz Rodriguez/ Natural History Museum / Divulgação

"Lamentamos confirmar que após uma cuidadosa investigação... o painel de jurados concluiu que é provável que o lobo é um animal que pode ser alugado para posar em fotografias, o que viola uma das regras do concurso", anunciou Louise Emerson, uma das organizadoras da competição, na qual concorreram mais de 43 mil fotos.

Segundo ela, para tomar a decisão os jurados examinaram provas, conselhos de especialistas em fotografias da natureza e o depoimento do fotógrafo espanhol José Luis Rodríguez, autor da foto. Rodríguez nega ter usado um animal de aluguel.

Sem vencedor
Em dezembro, quando foi iniciada a investigação, ele disse que esperou semanas para conseguir a foto perfeita, entre convencer um fazendeiro a deixar que um lobo selvagem entrasse em suas terras, atrair o lobo com um pedaço de carne e ganhar sua confiança para instalar o equipamento.

Mas, recentemente, a revista especializada em vida selvagem Suomen Luonto, publicada na Finlândia, afirmou que o lobo, na verdade, se chama Ossian e vive em um zoológico perto de Madri.

Um especialista em lobos, citado pela revista, disse que o animal parece ter sido treinado para saltar sobre o portão, já que uma espécie selvagem muito provavelmente tentaria passar espremida por entre as barras.

Diante da desclassificação da foto de Rodríguez, os jurados do concurso preferiram não apontar um vencedor para 2009.

O Wildlife Photographer of the Year, distribuído anualmente, é considerado um dos mais importantes prêmios mundiais de fotografia. O autor da foto vencedora receberia um prêmio de 10 mil libras (cerca de R$ 28 mil).

As fotos vencedoras em diferentes categorias e as menções honrosas formam uma exposição no Museu de História Natural de Londres, que depois segue para vários países.

BBC News Brasil BBC News Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da BBC News Brasil.
Publicidade