4 eventos ao vivo

Estátuas de deusa egípcia são encontradas em templo de Luxor

8 mar 2017
11h40
atualizado às 17h37
  • separator
  • comentários

Uma equipe de arqueólogos da Alemanha descobriu 66 estátuas de alto valor artístico da deusa egípcia da guerra Sekhmet em uma escavação de um templo a oeste da cidade monumental de Luxor, no Egito, informou nesta quarta-feira o Ministério de Antiguidades deste país.

Arqueólogos encontram 66 estátuas faraônicas de deusa de guerra.
Arqueólogos encontram 66 estátuas faraônicas de deusa de guerra.
Foto: EFE

O achado aconteceu na escavação do templo funerário de Amenhotep III, situado na margem ocidental do rio Nilo, perto de Luxor, onde ficava Tebas, a antiga capital dos faraós.

O presidente do setor de Antiguidades Egípcias, Mahmoud Afifi, esclareceu que esta descoberta é produto do projeto de restauração do templo e dos colossos de Memnon, que teve início em 1998 sob supervisão do Ministério.

Estas duas estátuas de grande tamanho, que representam o faraó Amenhotep III, são as únicas peças do templo que ficaram de pé, depois que o mesmo veio abaixo por um terremoto ocorrido no século VIII a.C.

Estátuas da deusa de guerra Sekhmet foram encontradas no templo de Luxor
Estátuas da deusa de guerra Sekhmet foram encontradas no templo de Luxor
Foto: EFE

As estátuas da deusa egípcia, protetora dos faraós segundo a mitologia, foram descobertas durante as escavações na região entre o pátio e a sala de colunas do templo, onde os restauradores e arqueólogos tentavam encontrar os destroços da muralha que separa estas duas áreas.

O responsável da missão alemã, Hourig Sourouzian, disse que algumas partes encontradas são da deusa sentada e outras de pé e os objetos têm nas mãos o símbolo da vida e um cetro em forma de papiro, segundo o comunicado.

Sourouzian afirmou que as estátuas estão bem conservadas e são de alto valor artístico, científico e arqueológico porque representam uma imagem completa do templo.

O achado aconteceu na escavação do templo funerário de Amenhotep III, situado na margem ocidental do rio Nilo, perto de Luxor
O achado aconteceu na escavação do templo funerário de Amenhotep III, situado na margem ocidental do rio Nilo, perto de Luxor
Foto: EFE

O rei faraônico Amenhotep III, da dinastia XVIII do Egito, colocou em seu templo funerário várias estátuas da poderosa Sekhmet para que a divindade protegesse o templo dos perigos e o rei das doenças, pois ela também é a deusa da cura.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade