1 evento ao vivo

Amazônia: celebridades apoiam campanha para proteger índios Awá

A ONG acusa o Brasil de não fazer nada para proteger esta tribo, que tem uma população total estimada em 450 membro

21 mai 2013
18h28
atualizado às 19h37
  • separator
  • 0
  • comentários

A atriz americana Gillian Anderson, a estilista britânica Vivienne Westwood e o fotógrafo Sebastião Salgado se uniram em uma campanha para salvar os índios Awá da Amazônia brasileira, anunciou nesta terça-feira a organização Survival International.

O ator britânico ganhador do Oscar Colin Firth foi o encarregado de lançar a campanha para proteger a tribo no ano passado
O ator britânico ganhador do Oscar Colin Firth foi o encarregado de lançar a campanha para proteger a tribo no ano passado
Foto: AFP

O ator britânico ganhador do Oscar Colin Firth foi o encarregado de lançar a campanha no ano passado para proteger a tribo que a ONG com sede em Londres considera "em perigo extremo de extinção" devido ao desmatamento de seu território.

Desde então, vinte famosos britânicos e de outros países apoiaram a inciativa tirando fotos com o logo da campanha, que diz "Brasil: Salve os Awá".

"Devemos, como seres humanos, acordar coletivamente e ajudar a salvar os Awá", declarou Gillian Anderson, que ficou internacionalmente conhecida como a detetive Scully da série de TV Arquivo X.

"Não podemos permitir que outro povo seja extinto pela negligência e pela cobiça de terceiros. Todos temos um dever", acrescentou a atriz, citada no comunicado da Survival.

A ONG acusa o Brasil de não fazer nada para proteger esta tribo, que tem uma população total estimada em 450 membros, sendo que cerca de cem nunca tiveram contato com o mundo exterior ao seu território demarcado e ameaçado por madeireiros, criadores de gado e colonos.

"Quando celebridades se unem à campanha para salvar os Awá, o Brasil não pode ignorar o número crescente de vozes que se erguem em apoio à tribo mais ameaçada do planeta. Sua reputação está em jogo", declarou o diretor da Survival, Stephen Corry.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade