PUBLICIDADE

Com 235 km na saída da Páscoa, SP tem 2º maior congestionamento do ano

Índice só perde para o registrado no dia 8 de março, quando um temporal provocou 40 pontos de alagamento e 261 km de lentidão

28 mar 2013 20h29
| atualizado às 20h33
ver comentários
Publicidade
<p>Sa&iacute;da para o feriado prolongado teve longas filas nas principais vias de S&atilde;o Paulo</p>
Saída para o feriado prolongado teve longas filas nas principais vias de São Paulo
Foto: Bruno Santos / Terra

A saída para o feriado prolongado de Páscoa foi mais um teste para a paciência do paulistano. O grande movimento de veículos que deixavam a capital paulista no início da noite desta quinta-feira provocou o segundo maior congestionamento do ano em São Paulo. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o pico foi atingido às 19h, com 235 quilômetros de lentidão.

O índice só perde para o registrado no dia 8 de março, quando um temporal atingiu a cidade e provocou mais de 261 quilômetros de congestionamento na cidade. Na ocasião, foram relatados 40 pontos de alagamento na capital e mais de 90 semáforos apagados.

Mesmo com os apelos da CET para que os motoristas evitassem utilizar o sistema viário principal da cidade entre 14h e 22h, o trânsito de São Paulo teve grande movimento já no meio da tarde desta quinta-feira. Os principais pontos de lentidão ocorreram na Marginal Tietê - onde a fila de veículos em direção à rodovia Ayrton Senna chegou a 36 quilômetros -, o Corredor Norte/Sul e a avenida dos Bandeirantes.

A CET estima que cerca de 1,7 milhão de veículos deixem a capital paulista durante o feriadão. Para evitar congestionamentos, a companhia implantou desde o início da tarde a Operação Estrada. Segundo a CET, é feito o monitoramento das principais vias de saída para cidades do interior e do litoral. Agentes permanecem de prontidão até a tarde desta sexta-feira.

As principais vias monitoradas são as duas marginais, além das avenidas Presidente Tancredo Neves, dos Bandeirantes, Juntas Provisórias, Salim Farah Maluf, Francisco Morato, Jacu Pêssego, entre outras.

Após a passagem do horário de pico, o índice de lentidão em São Paulo caiu rapidamente. Às 20h23, menos de uma hora e meia após o ápice, os congestionamentos somavam 73 quilômetros na cidade. Segundo a CET, os motoristas devem viajar, preferencialmente, entre as 22h desta quinta-feira e as 6h de sexta-feira, evitando os horários de maior movimento.

Nesta sexta-feira, será suspenso o rodízio municipal de veículos para veículos de passeio e caminhões. Já a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF) funcionarão normalmente. Na segunda-feira, o rodízio volta a funcionar a partir das 7h.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade