2 eventos ao vivo

Grupo protesta "contra boatos" em frente ao prédio de Lula

21 mar 2016
13h51
  • separator
  • comentários

Um grupo de militantes fez hoje (21) uma vigília em frente ao prédio onde mora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. Segundo a Polícia Militar, os manifestantes chegaram ao local por volta das 5h. Com o tema Cada Boato, Um Ato, a manifestação prestou solidariedade a Lula frente aos boatos de que poderia ter a prisão decretada.

Foto: Roberto Parizotti/ CUT

Os militantes permaneceram mais de cinco horas em frente ao edifício. O deputado federal Vicentinho (PT-SP) também esteve presente.

Na sexta-feira (18), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, decidiu pela suspensão da posse do ex-presidente Lula no cargo de ministro do Casa Civil da Presidência da República.

O ministro atendeu a um pedido do PPS e do PSDB. Na mesma decisão, o magistrado decidiu que os processos que envolvem Lula na Operação Lava Jato devem continuar sob responsabilidade do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba.

Foto: Roberto Parizotti/ CUT

Após a posse de Lula como ministro, o que faz com que o ex-presidente tenha direito a foro privilegiado, por prerrogativa de função, Moro enviou os processos ao STF.

Ontem (20), a Advocacia-Geral da União (AGU) protocolou eletronicamente no STF manifestações em que pede que a Corte conceda medida cautelar para suspender o andamento de todos os processos e decisões judiciais que tenham relação com duas ações que tramitam no STF contra a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil.

No documento, enviado ao ministro Teori Zavaski, a AGU sustenta que os processos devem ser suspensos até que o STF dê a decisão final.

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade