0

Edison Lobão assume como ministro de Minas e Energia

3 jan 2011
10h29
atualizado às 15h53

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) reassumiu nesta segunda-feira o Ministério de Minas e Energia no governo de Dilma Rousseff. Lobão já vinha desempenhando a mesma função no governo Lula entre janeiro de 2008 e março de 2010. A cerimônia de transmissão do cargo teve início por volta das 10h25, em Brasília.

Edison Lobão retornou ao ministério de Minas e Energia
Edison Lobão retornou ao ministério de Minas e Energia
Foto: Agência Brasil

Sob sua gestão à frente do ministério, em novembro de 2009, ocorreu um grande apagão que afetou cerca de 40% do território brasileiro. À época, Lobão afirmou que o incidente, que causou transtornos em 18 Estados, foi provocado pelo mau tempo na cidade de Itaberá (SP), que teria causado um curto circuito nas linhas de transmissão da Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Ligado ao grupo político do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-MA), Lobão, 74 anos, faz parte da cota peemedebista na distribuição de cargos. Ex-deputado federal, tornou-se senador em 1986 pelo extinto PFL, hoje DEM. O político interrompeu seu mandato no Senado para ser eleito governador do Maranhão, entre 1991 e 1994. Ao deixar o governo, retornou ao Senado. Em 2001, assumiu a presidência da casa após a renúncia de Jader Barbalho (PMDB-PA), envolvido em denúncias de corrupção.

O ministro é bacharel em Direito pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília (Ceub). Trabalhou como jornalista nos jornais Correio Braziliense, Última Hora e na revista Maquis, além de ter chefiado o departamento jornalístico da Rede Globo no Distrito Federal.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade