0

Traficantes derrubam helicóptero da PM no Rio; dois morrem

17 out 2009
10h43
atualizado às 16h33
  • separator
  • comentários

Traficantes obrigaram um helicóptero da Polícia Militar carioca a realizar um pouso forçado no Morro dos Macacos, na zona norte do Rio de Janeiro, na manhã deste sábado. De acordo com a PM, a aeronave foi alvejada por vários tiros enquanto monitorava um protesto na favela e pegou fogo no ar.

Conforme a PM, o helicóptero modelo Fênis explodiu ao tocar o chão, depois de o piloto ter feito o pouso forçado em um campo da Vila Olímpica do Sampaio por volta das 10h. Quatro policiais estavam na aeronave. Dois deles ficaram presos e morreram carbonizados, segundo a Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro. Outros dois sofreram ferimentos e foram encaminhados ao hospital Andaraí.

A PM está no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, desde o início da manhã. Conforme os policiais, traficantes de uma facção rival, do Morro São João, teriam tentado invadir a favela, o que provocou tiroteio durante a madrugada.

Quatro mortos no tiroteio
Quatro pessoas morreram desde o início da madrugada no tiroteio entre os traficantes rivais. Segundo a PM, o confronto teve início por volta das 1h. No início da manhã, moradores iniciaram uma manifestação, queimando pneus e outros objetos na Rua Rua Visconde de Santa Isabel. Até as 11h deste sábado, o tráfego de veículos na via estava interrompido.

Durante o protesto, moradores teriam tentado invadir a carceragem da 20ª DP (Vila Isabel) com o objetivo de linchar presos de uma facção rival à do morro. Alguns vidros da delegacia chegaram a ser quebrados, mas o policiamento foi reforçado no local.

"Nós não consideramos uma tentativa de invasão. Na verdade, houve uma tentativa dos moradores de chamar a atenção da polícia. O que nós fizemos foi reforçar o policiamento", afirmou o cooordenador das carceragens da Polícia Civil, delegado Orlando Zacone.

Ônibus queimados
Pelo menos quatro ônibus pegaram fogo no início da tarde na favela do Jacarezinho, também na zona norte do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa da Polícia Militar evitou relacionar o incêndio dos veículos com o confronto entre traficantes no Morro dos Macacos.

De acordo com a PM, três ônibus foram destruídos com o fogo na avenida Suburbana e outro nas imediações da da favela do Jacarezinho.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade