PUBLICIDADE

SE: preso é agredido depois de criticar música gospel

17 set 2013 17h10
| atualizado às 17h14
ver comentários
Publicidade

Um detento foi agredido na carceragem da 1ª Delegacia Metropolitana (1ª DM) de Aracaju, na tarde de segunda-feira, depois de reclamar que outros presos estavam o incomodando por cantar música gospel na cela, o que o teria provocado dores de cabeça. 

<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/crimes-banais/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/crimes-banais/iframe.htm">veja o infográfico</a>

Segundo o chefe da custódia da unidade, Marcos Antônio Lima, os presos costumam fazer um culto por volta das 18h, quando cantam hinos evangélicos e batem palma. “Ele (o agredido) disse que o barulho estava o deixando com dor de cabeça, e pediu para pararem com a música, o que gerou o desentendimento”, disse. 

De acordo com o responsável pela custódia dos presos, após o desentendimento, Jeferson França Santos, 22 anos, levou uma pancada no rosto e teve um corte na testa. “Agimos rápido depois da confusão e não teve muito mais problema”, disse Lima. 

Segundo Lima, uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado. Jeferson foi levado para o hospital João Alves, onde levou dois pontos na testa e fez uma radiografia para avaliar se tinha uma lesão mais grave. “Em duas horas e meia ele foi liberado, não teve nada mais sério”, disse o chefe da custódia da unidade. 

De acordo Lima, com medo de represálias, Jeferson não identificou quem o agrediu. Por conta disso, todos os detentos da cela 3, onde ocorreu a agressão, ficarão uma semana sem visitas e banho de sol. A vítima foi transferida para outra unidade, para evitar novos desentendimentos. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade