0

Rio: PM faz operação para impedir nova invasão na Vila Kennedy

11 nov 2009
10h34
atualizado às 11h33

Cerca de 100 homens, de seis batalhões da Polícia Militar do Rio de Janeiro, fazem desde a noite de terça-feira, logo após o apagão de energia, uma operação para evitar que criminosos das favelas da Coreia (Senador Camará), Rebu (Bairro Jabour) e Vila Aliança (Bangu) invadissem a Vila Kennedy para tentar tomar os pontos de venda de drogas da comunidade.

De acordo com o coronel José da Silva Macedo Júnior, comandante do 14º BPM (Bangu), homens do 9º (Rocha Miranda), 18º (Jacarepaguá), 17º (Santa Cruz), 31º (Barra da Tijuca) e do Batalhão de Choque dão apoio à operação. Até as 10h, dois suspeitos haviam sido presos, uma pistola e um rádio de comunicação foram apreendidos.

Segundo moradores da comunidade, o traficante Márcio José Sabino, o Matemático, um dos principais líderes da facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP), teria pedido aos comparsas a favela de presente de aniversário, que acontece em janeiro.

A guerra travada contra criminosos do Comando Vermelho (CV) explodiu há dez dias numa tentativa de invasão por bandidos do TCP. Cinco pessoas ficaram feridas. Depois de intensos confrontos, os invasores - da Vila Aliança, Rebu e Coreia - abandonaram a favela, segundo a polícia. Moradores afirmaram que algumas pessoas foram mortas na ocasião, mas nenhum corpo foi encontrado.

O Dia O Dia - © Copyright Editora O Dia S.A. - Para reprodução deste conteúdo, contate a Agência O Dia.

compartilhe

publicidade