PUBLICIDADE

Corintiano é achado morto no Tietê; família culpa palmeirenses

29 ago 2011 20h20
| atualizado às 20h51
Publicidade

O corpo do corintiano Douglas Silva, 27 anos, desaparecido desde o último sábado, foi encontrado no rio Tietê na noite desta segunda-feira. Em entrevista ao programa Brasil Urgente, da TV Bandeirantes, a família do jovem acusou integrantes da torcida uniformizada do Palmeiras, a Mancha Alviverde, de terem o agredido e jogado o corpo de Douglas no rio.

O primo da vítima diz que Douglas se envolveu em um confronto entre torcidas organizadas na noite de sábado, após sair de casa dizendo que assistiria ao UFC Rio na quadra da Gaviões da Fiel. Uma briga entre as torcidas de Palmeiras e Corinthians estaria marcada para aquela noite. O corpo foi encontrado às 18h desta segunda-feira, e o caso é investigado pelo 28° DP, na Freguesia do Ó. Antes do clássico de domingo entre Palmeiras e Corinthians pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, dois palmeirenses foram baleados próximo ao Estádio Eduardo José Farah.

Fonte: Lancepress!
Publicidade