1 evento ao vivo

BA: recapturados 10 dos 52 fugitivos de prisão de Barreiras

27 nov 2011
12h30

As polícias Civil e Militar da Bahia recapturaram 10 dos 52 presos que fugiram do Complexo Policial de Barreiras, a 857 km de Salvador, na manhã de sábado. Inicialmente, acreditava-se que haviam deixado a carceragem 82 detentos, mas o número foi corrigido neste domingo pela assessoria de comunicação da Polícia Civil baiana.

De acordo com a Polícia Civil, mais de 30 policiais 1ª Delegacia Territorial (DT), da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e da Rondesp seguem à procura dos 42 detentos que permanecem foragidos.

A fuga ocorreu por volta das 6h30 de sábado, quando seria servido o café da manhã. Um auxiliar de copa e mais dois policiais, que regularmente acompanham a execução desse trabalho, foram surpreendidos por um grupo de presos, que havia arrombado uma cela. O bando encontrava-se escondido numa pequena sala contígua ao corredor da carceragem, onde são armazenadas roupas de cama e banho.

Com barras de ferros, os presos dominaram os policiais e o servente. De acordo com a Polícia Civil, o coordenador de equipe, investigador Carlos Correia - único policial que estava armado -, foi agredido pelos criminosos e teve a clavícula deslocada. A arma que portava, uma pistola .40, foi levada, além do celular e da carteira com documentos e dinheiro. Carlos foi medicado no Hospital Português, liberado e passa bem.

Depois de um levantamento feito no local, a titular da 1ª DT, delegada Jamila Cidade, constatou que 37 presos haviam fugido das celas da 1ª DT e outros 15 da DTE. Segundo a polícia, o mais perigoso dos fugitivos é Ronei Batista da Silva, preso por roubo no dia 23 de outubro por investigadores da 1ª DT. Segundo ela, Ronei, que está de posse da pistola .40 roubada, planejou e comandou a fuga.

Ainda de acordo com o levantamento feito na unidade, foram encontrados barras de ferro e uma pequena serra, provavelmente a mesma utilizada para cortar as grades da cela. O Complexo dos Barris tem capacidade para 32 presos e, no momento da fuga, abrigava 77 pessoas. Os criminosos já recapturados serão autuados por dano qualificado e evasão mediante uso de violência.

Fonte: Terra

compartilhe

publicidade