PUBLICIDADE
AO VIVO
Chuvas voltam a atingir o RS e provocam novas enchentes

Polícia

Assalto a banco termina com prefeito refém no interior do RS

Departamento de Investigações Criminais (Deic) gaúcho estava na cidade mas não conseguiu deter os criminosos

2 mar 2017 - 14h57
(atualizado às 17h12)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: BM / Divulgação

Um assalto a banco na manhã desta quinta-feira terminou com o prefeito da cidade de Ibirapuitã feito refém no Rio Grande do Sul. Rosemar Hentges, do Partido Progressista, teria se deslocado à agência para acompanhar o caso quando foi feito levado juntamente com outros clientes que estavam no local no momento do ataque. O caso foi registrado na região do planalto gaúcho, em uma agência do banco Sicredi. 

O grupo, formado por pelo menos cinco homens armados com pistolas chegou atirando para o alto e, em pouco mais de 15 minutos, fugiu trocando tiros com a Brigada Militar. Dois veículos roubados foram usados na fuga, obedecendo o modelo de atuação das quadrilhas que agem no interior gaúcho. A cidade de Ibirapuitã está dentro do alvo desses grupos, já que conta com pouco mais de 4 mil habitantes e pequena cobertura policial.

O Departamento de Investigações Criminais (Deic) gaúcho já estava na cidade justamente porque investigações anteriores davam conta de que uma assalto nesses moldes estava planejado para acontecer na cidade, mas mesmo assim não conseguiu deter os criminosos. Conforme a assessoria de imprensa, o prefeito foi liberado sem ferimentos em uma localidade do interior do município. O bando seguiu em direção a Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, e permanece foragido.

Veja também

Incêndio destrói dezenas de casas na 2ª maior favela de SP:
Fonte: Especial para Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade