PUBLICIDADE

RJ: prefeitura quer ampliar aluguel de bicicletas nas zonas oeste e norte

25 set 2012
17h05 atualizado às 17h10
17h05 atualizado às 17h10
Publicidade
Giuliander Carpes
Direto do Rio de Janeiro

Em vias de confirmar sua reeleição como prefeito do Rio de Janeiro - as pesquisas dão sua vitória no primeiro turno -, Eduardo Paes pretende estender o Bike Rio, sistema de aluguel de bicicletas da cidade, para áreas não atendidas na primeira fase do projeto. A prefeitura pretende abrir licitação para fazer estações das já tradicionais "laranjinhas" em bairros como Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá, na zona oeste, e também da Tijuca, na zona norte.

A secretaria de conservação e serviços públicos, que dá a concessão do Bike Rio, está preparando editais e deve abrir licitações assim que o período eleitoral terminar. "A nossa vontade é que a gente tenha entre 3 e 5 mil bicicletas até o final de 2013", afirmou o secretário Carlos Roberto Osório.

Atualmente o Rio de Janeiro tem 58 estações, com 580 bicicletas, distribuídas por 16 bairros da zona sul e do centro. É a terceira tentativa de fazer projeto semelhante ao que existe em Paris, a primeira que efetivamente funciona.

Em entrevista ao Terra em abril, Angelo Leite, presidente da Serttel, empresa que tem a concessão das estações em funcionamento no Rio, em São Paulo e que prepara o início de projeto semelhante em Porto Alegre, já havia manifestado sua intenção de aumentar o serviço no Rio. "Com certeza o projeto caminha para isso. Tivemos algumas dificuldades no começo, principalmente durante o carnaval, mas melhoramos nosso sistema de manutenção e a tendência é irmos aperfeiçoando o Bike Rio cada vez mais", disse.

O Rio de Janeiro é a capital brasileira com maior quantidade de ciclovias. Atualmente são cerca de 270 km e a prefeitura pretende inaugurar mais 30 km até o final do ano. A meta até as Olimpíadas de 2016 é ter 450 km de vias para ciclistas por toda a cidade.

Com tendas e atividades lúdicas, ciclistas ocupam a Praça do Ciclista para comemorar o Dia Mundial sem Carro
Com tendas e atividades lúdicas, ciclistas ocupam a Praça do Ciclista para comemorar o Dia Mundial sem Carro
Foto: Gabriela Bilo / Futura Press
Fonte: Terra
Publicidade