PUBLICIDADE

Prefeitura do Rio inicia a internação compulsória de usuários de crack

19 fev 2013
07h07 atualizado às 07h07
0comentários
07h07 atualizado às 07h07
Publicidade

A internação compulsória de adultos usuários de crack no município do Rio de Janeiro começou, oficialmente, na madrugada desta terça-feira. Dezenas de pessoas foram retiradas da cracolândia da favela Parque União, no Complexo da Maré.

Uma megaoperação reuniu policiais civis e militares, guardas municipais, garis da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social. As pistas da avenida Brasil foram fechadas por cerca de meia hora para evitar que viciados em fuga fossem atropelados. 

Antes desta ação, policiais militares estiveram no Parque União e na Nova Holanda para impedir a reação de traficantes.

Os adultos encontrados na cracolândia foram levados para um centro de triagem montado em um abrigo da prefeitura em Paciência, zona oeste da cidade. Equipes da secretaria de saúde estão no local para fazer a avaliação das pessoas acolhidas e encaminhá-las para o tratamento adequado. 

Jornal do Brasil Jornal do Brasil
Publicidade
Publicidade