2 eventos ao vivo

Justiça exige perícia para liberação de ciclovia no Rio

26 ago 2016
09h40
atualizado às 09h42
  • separator
  • comentários

A Justiça determinou que seja realizada perícia pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) antes que a Ciclovia Tim Maia seja liberada, depois de ser reconstruída. A decisão foi tomada a pedido da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção da Ordem Urbanística, do Ministério Público Estadual do Rio.

Interdição após desabamento de parte da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer
Interdição após desabamento de parte da ciclovia Tim Maia, na Avenida Niemeyer
Foto: Agência Brasil

A informação foi divulgada pelo Ministério Público. Caso a perícia não possa ser realizada pelo Crea-RJ, o trabalho deverá ser feito pelo Instituto de Pós-Graduação em Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A decisão judicial tem como base uma ação civil pública proposta pelo Ministério Público contra o município do Rio, o instituto municipal de geotécnica Geo-Rio e o consórcio Contemat-Concrejato, que construiu a ciclovia.

Um trecho da Ciclovia Tim Maia, construída recentemente, desabou em 21 de abril deste ano, durante uma ressaca no costão rochoso do Vidigal, matando duas pessoas. A ciclovia liga o Leblon a São Conrado, na zona sul, margeando a Avenida Niemeyer.

Agência Brasil Agência Brasil

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade