7 eventos ao vivo

Fotógrafo é baleado em choque entre PMs e usuários em SP

23 fev 2017
15h21
atualizado às 16h31
  • separator
  • comentários

Um fotógrafo foi baleado e seis agentes ficaram feridos durante um enfrentamento entre policiais militares e usuários de drogas na Cracolândia, no centro de São Paulo, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

Foto: Willian Moreira / Futura Press

"A situação está sob controle, mas, aparentemente, foi um tiro de munição real. O repórter (fotográfico) está sendo socorrido, é um momento crítico, mas está estável. O disparo foi de arma de fogo e na perna, aparentemente atingiu a coxa", declarou à Efe um porta-voz da Polícia Militar de São Paulo.

A ação foi realizada por efetivos da Força Tática, um grupo especializado da Polícia Militar paulista, na região conhecida como Cracolândia, no centro de São Paulo.

Durante a operação, os usuários de drogas atearam fogo em colchões e pneus para criar barricadas que impedissem os policiais de entrar na rua Helvetia, que estava tomada de gente.

"Foi um início de agressão por parte dos moradores (da Cracolândia)", relatou a mesma fonte.

O fotógrafo, identificado como Darío Oliveira e que trabalhava como freelancer para a agência de notícias "Código 19", "estava fazendo a cobertura e houve um enfrentamento", segundo o porta-voz policial, que confirmou à Efe que "seis policiais foram feridos" e oito pessoas foram detidas.

Para dispersar a manifestação e resistir aos ataques com pedras, paus e coquetéis molotov, a Polícia Militar utilizou gás lacrimogêneo e balas de borracha.

A prefeitura de São Paulo deve anunciar em março o plano "Redenção", que substitui o de "Braços Abertos", no qual consumidores de drogas recebiam atendimento médico e eram hospedados em albergues municipais.

Com o novo plano, a administração municipal espera atender à população residente no local e melhorar as condições de segurança.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade