Americano cria ‘pegadinha do bem’ e ajuda moradores de rua

  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Conhecido na cena musical da Califórnia, o DJ Sennett, 21 anos, vem se destacando, digamos, mais pelo humor do que pelo som. Suas pegadinhas e vídeos divertidos costumam gerar milhares de page views no YouTube, onde mantém o canal próprio Public Prank (algo como “pegadinha em público”). Entre os seus hits estão vídeos em que finge beber alvejante em uma loja (para chocar os outros consumidores) ou puxa o pé de um amigo à noite, no melhor estilo de Atividade Paranormal, o filme.

Seu mais recente vídeo, porém, nada tem de engraçado. Pelo contrário, de tão sensível, emociona até os fãs mais fiéis. Nele, Sennett, vestido de garçom, caminha pelos arredores de Los Angeles e, de bandeja prateada na mão, distribui pratos de comida, talheres e copos d’água a moradores de rua. Ele age naturalmente, como se realmente as pessoas tivessem feito os pedidos. 

“Como vai senhor?”, pergunta ele a um homem desavisado, portando uma placa com pedido de ajuda, em uma esquina. “Eu tenho um prato de frango e um pouco de água, com tudo o que precisa”, diz o “garçom do bem”, antes de servi-lo com educação e pompa.

Outro “cliente”, sentado ao lado de imensos sacos de lixo, não acredita no que está acontecendo, e procura, em vão, quem está lhe pregando uma peça. Mesmo assim, aceita de bom grado o prato de comida.

Depois de receber um belo frango e macarrão com queijo, outro morador de rua, emocionado, responde: “Eu costumava comer assim. Esse prato irá me alimentar por todo o dia”.

Nenhuma das pessoas abordadas recusa a comida e a maioria faz questão de apertar a mão do garçom, mostrando que realmente está agradecida com a gentileza. 

DJ vai repetir a dose em novos vídeos
Sennett disse que, para fazer o vídeo do “garçom do bem”, inspirou-se em vídeos de caridade vistos no YouTube, como gente distribuindo dólares a estranhos, por exemplo. “Mas eu queria algo novo, criativo.” 

A roupa, ele já tinha. Então foi a um supermercado e comprou alimentos pré-prontos. Durante três dias, ele serviu 16 pessoas. 

O DJ e YouTuber espera que o vídeo, que já tem 580 mil visualizações, inspire as pessoas a fazer boas ações, assim como a experiência o inspirou. “Quando comecei o meu canal na internet, ainda na escola, era uma espécie de amontoado de coisas estúpidas. Agora, percebi que posso transformar, tenho uma voz para isso. Este vídeo me inspirou a fazer coisas criativas e não apenas parecer engraçado para as pessoas. Existe uma mensagem por trás”, diz ele, assegurando que os “vídeos do bem” não vão parar por aí. 

Assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=Voc8N0dElkY

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Dialoog Comunicação
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade