0

Velório de Niemeyer no Rio já está encerrado para o público

Nielmar de OliveiraRepórter da Agência BrasilRio de Janeiro - Os portões do Palácio da Cidade, em Botafogo, na zona sul do Rio, onde está sendo velado o corpo do arquiteto Oscar Niemeyer, foram fechados às 15h para o público. Neste momento, o cerimonial da sede da Prefeitura carioca aguarda a saída dos que ainda prestam a última homenagem a Niemeyer para dar início a um culto ecumênico, restrito aos parentes do arquiteto e autoridades.O carro aberto do Corpo de Bombeiros que conduzirá o corpo do arquiteto ao Cemitério São João Batista, também em Botafogo, já chegou ao Palácio da Cidade. Ao longo da tarde de forte calor no Rio de Janeiro, diminuiu o movimento de pessoas que foram ao velório de Niemeyer, falecido na noite de quarta-feira (5), aos 104 anos.Durante a manhã, estiveram no local muitos parentes, amigos, admiradores e políticos, entre eles os governadores do Rio, Sergio Cabral, e de Minas Gerais, Antonio Anastasia, os prefeitos do Rio, Eduardo Paes, e de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, a viúva de Luís Carlos Prestes, Maria, e o filho mais velho do líder comunista, Luís Carlos Prestes Filho, o arquiteto e urbanista Jaime Lerner, e Maria Estela Kubitschek, filha mais nova do presidente Juscelino Kubitschek, o grande impulsionador da carreira de Oscar Niemeyer.O enterro está previsto para as 17h15, em cerimônia reservada no mausoléu da família Niemeyer, no Cemitério São João Batista. No local, também está sepultada a filha do arquiteto, Anna Maria, falecida em junho passado, aos 82 anos.Edição: Davi Oliveira

Agência Brasil Agência Brasil
publicidade