inclusão de arquivo javascript

Trânsito

 
 

Caminhão atropela 3 em MG; 2 morrem

24 de março de 2009 20h35 atualizado às 20h46

Duas pessoas morreram e uma ficou ferida, na tarde desta terça-feira, após serem atropeladas por um caminhão quando estavam em um ponto de ônibus, na avenida Amazonas, no bairro Gameleira, região oeste de Belo Horizonte (MG). Segundo a polícia, o motorista do caminhão, que também ficou ferido, apresentava sinais de embriaguez e era inabilitado.

Os estudantes do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET_MG) Ronaldo Lúcio Costa Almeida, 15 anos, e Fernanda Mayer Reis, 24 anos, morreram assim que deram entrada no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Outro estudante, Adriano Rodrigues Dias, 29 anos, e o motorista do caminhão, Joaquim Neves dos Santos, 49 anos, foram levados para a Unidade de Pronto-Atendimento Barreiro e hospital Odilon Behrens, respectivamente. Segundo a polícia, o motorista reclamava de dores na clavícula.

Segundo o batalhão de trânsito da Polícia Militar, o motorista do caminhão teria perdido o controle do veículo ao tentar fazer uma curva. O caminhão, que estava com pneus carecas e com visíveis sinais de má conservação, tombou sobre as vítimas.

De acordo com o major Roberto Lemos, o motorista apresentava sintomas de embriaguez e ficou em estado de choque após o acidente, o que impossibilitou o exame do bafômetro. Santos foi levado para a delegacia e depois para o Instituto Médico Legal (IML) para ser submetido a exame de sangue.

A assessoria de imprensa do Cefet informou que Ronaldo Lúcio Costa Almeida estava no 1º ano do curso técnico de Eletrônica. A amiga dele, Fernanda Mayer Reis cursava o 10º e último período do curso de Graduação em Engenharia Elétrica. O aluno ferido, Adriano Dias Rodrigues, também está terminando a graduação em Engenharia Elétrica. Os três estudavam no campus que fica em frente ao ponto de ônibus onde estavam na hora que foram atingidos pelo caminhão.

Especial para Terra