Notícias Transição


 boletim tempo SMS fale conosco  

Capa
Notícias
Candidatos
Estados
Eleições 2002
Jornal do Terra
Transição 2002
 Últimas eleições
2002
2000
1998
Outras Eleições

 Fale conosco
Escreva com críticas e sugestões
Transição
Quinta, 31 de outubro de 2002, 19h20  Atualizada às 19h21
Equipe de transição do PT começa a ganhar forma
 
Veja também
Notícias
» Equipe de transição começa a ganhar forma
» PT confirma mais três nomes para equipe de transição
» PT anuncia mais dois nomes da equipe de transição
» Gushiken cuidará da Previdência na transição
» Quem integra a equipe de transição do governo
Galeria de Fotos
» Equipe de transição do PT
Últimas sobre Transição
» Faixa de trânsito na Barra fica interditada
» Adacir Reis assume Previdência Complementar
» Imprensa portuguesa recebe Lula com entusiasmo
» Zeca do PT terá reunião com secretário de Lula
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

A equipe de transição do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, que trabalhará juntamente com o governo Fernando Henrique Cardoso, já está sendo formada. Cinco integrantes já estão confirmados.

Antônio Palocci Filho: Chefiará a equipe de transição. Prefeito licenciado de Ribeirão Preto, tem 42 anos. Foi o coordenador do programa nacional de governo do PT e pertence à ala mais moderada do partido.

José Dirceu: Coordenador político da equipe. Presidente nacional do PT, deputado federal, advogado. Tem 56 anos.

Luiz Gushiken: Responsável pelo setor da Previdência Social e também coordenador-adjunto, atuando como auxiliar de Antônio Palocci. Administrador de empresas e ex-deputado federal, o político de 52 anos é considerado a maior autoridade da área previdenciária no PT.

José Graziano: engenheiro agrônomo, doutor em economia, professor da Unicamp, integrante da coordenação da campanha Lula Presidente, autor do projeto Fome Zero.

Dilma Rousseff: economista, secretária de Energia, Minas e Comunicação do Rio Grande do Sul, ex-secretária da Fazenda de Porto Alegre, ex-integrante do PDT.

Ildeu de Castro Moreira: pesquisador de Física na UFRJ e fundador do PT, foi o escolhido para cuidar dos assuntos de Ciência e Tecnologia. Defende a popularização do conhecimento científico.

Humberto Costa: médico e ex-secretário da Saúde de Recife. Já foi vereador, deputado estadual e federal. Perdeu a eleição para governador em Pernambuco. Pertence à ala moderada do PT.

Maurício Borges: economista e professor da UFMG, é secretário de Planejamento de Belo Horizonte.

Gilberto Siqueira: engenheiro civil, é secretário de Planejamento e Coordenação do Acre.

Gilnei Viana: médico e professor da Universidade Federal do Mato Grosso, é deputado estadual.

Marcos Flora: historiador e ex-chefe de gabinete da Prefeitura de Belo Horizonte, é integrante do diretório nacional do PT.

Ricardo Caran: administrador e especialista em políticas públicas, é assessor da prefeitura de São Paulo.

Arno Augustin: economista, é secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul.

Teresa Campelo: gaúcha, economista especialista em gestão pública.

Ana Fonseca: pesquisadora da Unicamp, é assessora da prefeitura de São Paulo.

José Augusto Valente: engenheiro, é presidente do DER-RJ.

Swidenberger Barbosa: odontólogo, foi secretário de governo do Distrito Federal na gestão de Cristóvam Buarque.
 

Redação Terra