Menino cola chiclete em pintura de US$ 1,5 milhão

02 de março de 2006 • 13h31 • atualizado às 14h40

Um menino de 12 anos que visitava o Instituto de Artes de Detroit com um grupo da escola, na sexta-feira, colou seu chiclete sobre uma obra que está avaliada em cerca de US$ 1,5 milhão, informou o jornal local Detroit Free Press. A goma de mascar deixou uma mancha do tamanho de uma moeda de 25 centavos de dólar no canto inferior esquerdo da pintura "The Bay" (a baía), de Helen Frankenthaler.

Segundo o jornal, o garoto foi suspenso da escola, mas nenhuma autoridade do museu ou do centro de ensino puderam ser imediatamente localizadas para comentar o caso. A pintura de 1963, que permanece em exibição, é considerada uma das mais importantes obras da coleção de arte moderna do museu de Detroit, nos EUA, disse o jornal.

Curadores do museu esperam poder remover os resíduos do chiclete com um solvente, uma vez que tenham pesquisado mais a fundo a composição química da goma, revelou a curadora assistente Becky Hart.

"Na ordem das coisas, isso é inquietante e fará com que revisemos nossas normas. Mas estamos confiantes de que a pintura ficará em bom estado", contou Hart ao jornal.

Reuters - Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »