Gato liga para a polícia e salva dono nos EUA

01 de janeiro de 2006 • 13h09 • atualizado às 13h32

O aposentado norte-americano Gary Rosheisen foi salvo na última quinta-feira por seu gato de estimação, que conseguiu ligar para a polícia quando o dono havia caído de sua cadeira de rodas.

Tommy, um gato de raça indefinida, havia sido treinado para apertar a tecla de emergência do telefone por Rosheisen. Ao ver o dono - que sofre de osteoporose - caído ao lado da cama, o gato usou o aparelho e chamou o serviço de emergência dos EUA.

A polícia recebeu a chamada no número 911, e estranhou o fato de ninguém responder do outro lado da linha. Uma viatura foi enviada ao apartamento de Rosheisen para verificar o que estaria occorendo.

"Quando chegamos, vimos o gato ao lado do telefone, e o proprietário do animal desmaiado ao lado da cadeira de rodas", conta o policial Patrick Daugherty. "Sei que parece estranho, mas não há outra explicação", afirma.

Rosheisen contou à polícia que, após a queda, não conseguiu se levantar pois estava sofrendo dores. Com dificuldade para se equilibrar por causa da osteoporose, o dono de Tommy tentou, sem sucesso, alcançar uma alavanca sobre sua cama que chamaria os paramédicos.

O aposentado adquiriu o gato há três anos por indicação médica. "Disseram que ter um bicho de estimação ajudaria a reduzir minha pressão", disse. Rosheisen tentou ensinar o animal a ligar para o serviço de emergência, mas imaginava que o bichano não havia aprendido a manobra.

O telefone colocado no chão da sala de Rosheisen tem doze pequenas teclas de discagem automática, incluindo a que faz a ligação para o serviço 911 e a que liga o modo viva-voz do aparelho.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »