Mulher cola pênis de ex-namorado ao abdome

04 de novembro de 2005 • 10h19 • atualizado às 18h10

Um norte-americano diz que sua ex-namorada lhe deve mais de US$ 30 mil por colar sua genitália ao seu abdome, cinco anos atrás. "Isso não foi uma simples briga doméstica", disse Grey Pratt, advogado do homem, ao júri, na última quarta-feira.

Kenneth Slaby, da cidade de Pittsburgh, está processando a ex-namorada, Gail O'Toole. O processo diz que os dois terminaram em 1999, depois de 10 anos de namoro e Slaby tinha começado a sair com outra pessoa.

Slaby diz que O'Toole o convidou para ir à sua casa, em 7 de maio de 2000, onde ele adormeceu. Quando acordou, viu que O'Tool tinha usado supercola para grudar sua genitália ao seu abdome e suas nádegas entre si, além de ter escrito um palavrão na suas costas com esmalte de unhas.

Slaby contou que sua ex-namorada disse que estava se vingando pelo rompimento, e que ele teria que caminhar por uma milha até um posto de gasolina para achar ajuda. Na época, Slaby fez queixa à polícia e O'Toole se declarou culpada por um crime menor e ficou seis meses em condicional.

O advogado de O'Toole, Chuck Evans, disse que o ato foi consensual e que Slaby não teve danos permanentes. "Este caso deveria ter sido mantido entre quatro paredes", disse.

AP - Copyright 2007 Associated Press. Todos os direitos reservados. Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído.
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »