Polícia identifica dono de dedo achado em chili

13 de maio de 2005 • 16h30 • atualizado às 16h30

O dedo que uma mulher disse ter achado em uma tigela de chili em uma restaurante nos EUA veio de um sócio de seu marido, disse hoje a polícia. O homem é de Nevada e teria perdido o membro em um acidente em uma indústria em dezembro passado. Sua identidade foi rastreada por meio de uma pista dada pela linha de telefone do estabelecimento.

"As peças do quebra-cabeça estão começando a se encaixar", informou o chefe de polícia Rob Davis, que afirmou que as autoridades "confirmaram que o homem pessoa era na verdade a dona do dedo". O "dono" do dedo, cujo nome não foi revelado, deu o pedaço do dedo para Jaime Plascencia, marido da mulher.

Em 22 de março, Anna Ayala encontrou um dedo humano, com unha incluída, em um prato de chili num restaurante da cadeia de fast-food Wendy's em San José, na Califórnia. Ela foi presa no mês passado em sua casa em Las Vegas por duas acusações de roubo, nenhuma com relação a este caso.

Inicialmente, Ayala disse que entraria com uma ação, mas depois mudou de idéia e declarou que está esgotada emocionalmente por causa da publicidade gerada pelo caso.

Redação Terra
 
Enviar para amigos
Fechar por:
Enviar para amigos
Fechar por:

Imprimir

Fechar
Mais vistos

Notícias

  1. Carregando...
leia mais notícias »